sicnot

Perfil

Mundo

Encontro com homólogo russo deixa John Kerry "esperançoso" numa possível mudança na Ucrânia

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou hoje estar esperançoso quanto ao início de um clima de mudança na Ucrânia, após um encontro em Genebra com o seu homólogo russo, Sergei Lavrov.

© POOL New / Reuters

"Tenho esperança de que seja o início de uma mudança que irá significar uma melhoria para todos", declarou John Kerry, numa conferência de imprensa, após um encontro de 80 minutos com o chefe da diplomacia russa.  

"Espero que seja o caminho para um maior desagravamento e não para mais deceções", indicou Kerry, que está em Genebra por ocasião da 28.ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.  

Os dois representantes discutiram a importância da plena execução do frágil acordo de paz alcançado em Minsk, na Bielorrússia, em fevereiro, segundo indicou o secretário de Estado norte-americano. 

Kerry afirmou esperar que o acordo seja plenamente aplicado "nas próximas horas e certamente nos próximos dias". 

O secretário de Estado norte-americano manifestou ainda esperança de alcançar uma melhor cooperação com a Rússia. 

"Penso que o Presidente [Vladimir] Putin interpreta de forma errada uma grande parte das coisas que os Estados Unidos procuram fazer", declarou. 

John Kerry não excluiu, no entanto, a hipótese de existirem novas sanções contra a Rússia e a economia russa, em caso de fracasso das tentativas de travar a violência no leste da Ucrânia.

O encontro entre Kerry e Lavrov ocorreu pouco depois de as Nações Unidas terem anunciado que mais de 6.000 pessoas morreram na Ucrânia desde o início da violência em abril de 2014. 

O Alto-comissário para os Direitos Humanos, Zeid Raad al Hussein, denunciou hoje "uma destruição impiedosa contra civis e infraestruturas". 

Os Estados Unidos e outros países ocidentais, que estão do lado das autoridades ucranianas de Kiev, acusam a Rússia de apoiar os separatistas do leste ucraniano, fornecendo-lhes armas e tropas. Moscovo sempre desmentiu qualquer envolvimento no conflito.


Lusa

  • Os confrontos de Rui Rio
    3:38

    País

    Esta não é a primeira vez que Rui Rio enfrenta adversidades. O mesmo aconteceu durante a presidência da Câmara do Porto, quando assumiu uma rutura total com o Futebol Clube do Porto. Na primeira conferência de imprensa como presidente do PSD, avisou os adversários internos de que o clima de confronto é um ambiente do qual gosta.

  • Governo aceita diálogo com PSD após eleição de Rio
    1:52

    País

    Com a eleição de Rui Rio, o Governo aceitou entender-se com o PSD, provocando algumas críticas por parte do PCP e o Bloco de Esquerda. O líder parlamentar socialista diz que admitir o diálogo é Democracia, mas garante que o que sempre dividiu o PS do PSD mantém-se.

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Vírus do Zika pode proteger contra a dengue

    Mundo

    Uma equipa de investigadores brasileiros acredita que a infeção do vírus Zika pode tornar a pessoa imune contra a dengue. Anteriormente, uma investigação chinesa já tinha conseguido provar o inverso: quem apanha dengue pode estar mais protegido contra o vírus do Zika.

    SIC

  • Pesca explora mais de metade de todos os oceanos

    Economia

    A pesca industrial explora mais de metade de todos os oceanos, uma área quatro vezes maior que a utilizada pela agricultura, havendo mais atividade no norte do Atlântico e do Pacífico, conclui um estudo divulgado esta quinta-feira.