sicnot

Perfil

Mundo

Portugal apresenta prioridades para mandato no Conselho de Direitos Humanos

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, vai apresentar hoje, em Genebra, na Suíça, as prioridades de Portugal para o mandato no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

Reuters

A chefiar a delegação portuguesa, Rui Machete vai discursar, depois do chefe da diplomacia russa e antes do ministro iraniano, na reunião de alto nível que dará início aos trabalhos da 28.ª sessão do organismo das Nações Unidas responsável por zelar pela proteção e pela promoção dos direitos humanos no mundo.

Portugal foi eleito para um mandato de três anos no CDH, que começou a 1 de janeiro, mas esta será a estreia do país no organismo, cujos 47 membros estarão reunidos até 27 de março.

Portugal integrou por três vezes a antiga Comissão de Direitos Humanos, mas esta é a primeira vez que integra o CDH, em funcionamento desde 2007. 

As violações e os abusos de direitos humanos registados em situações de conflito, nomeadamente no que diz respeito ao movimento extremista Estado Islâmico, estão entre as questões que, para Portugal, merecem "atenção urgente".

Portugal defende ainda que "deve ser redobrada a defesa" de valores como a liberdade de pensamento, de opinião e de expressão, "com especial atenção para a proteção dos jornalistas (...), dos defensores de direitos humanos e dos representantes da sociedade civil".

Para além da intervenção no CDH, marcada para as 11:00 (10:00 em Lisboa), no Palácio das Nações, o ministro Rui Machete aproveitará a deslocação a Genebra para se encontrar, às 12:00, com o Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid al-Hussein, e às 16:00 com o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres.


  • Lesados do Banif confiaram "num sistema que os aldrabou"
    2:00
  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • Direita acusa presidente da Assembleia da República de não estar à altura do cargo
    2:06

    País

    O presidente da Assembleia da República está a ser novamente criticado pela oposição. Numa entrevista à Antena 1, Eduardo Ferro Rodrigues disse que não queria falar sobre o caso Galpgate para não causar espasmos à direita. Na reação, o CDS diz que a segunda figura do Estado deve abandonar as trincheiras partidárias. A direita acusa ainda que o presidente da Assembleia de não estar à altura do cargo.

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11