sicnot

Perfil

Mundo

Portugal apresenta prioridades para mandato no Conselho de Direitos Humanos

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, vai apresentar hoje, em Genebra, na Suíça, as prioridades de Portugal para o mandato no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

Reuters

A chefiar a delegação portuguesa, Rui Machete vai discursar, depois do chefe da diplomacia russa e antes do ministro iraniano, na reunião de alto nível que dará início aos trabalhos da 28.ª sessão do organismo das Nações Unidas responsável por zelar pela proteção e pela promoção dos direitos humanos no mundo.

Portugal foi eleito para um mandato de três anos no CDH, que começou a 1 de janeiro, mas esta será a estreia do país no organismo, cujos 47 membros estarão reunidos até 27 de março.

Portugal integrou por três vezes a antiga Comissão de Direitos Humanos, mas esta é a primeira vez que integra o CDH, em funcionamento desde 2007. 

As violações e os abusos de direitos humanos registados em situações de conflito, nomeadamente no que diz respeito ao movimento extremista Estado Islâmico, estão entre as questões que, para Portugal, merecem "atenção urgente".

Portugal defende ainda que "deve ser redobrada a defesa" de valores como a liberdade de pensamento, de opinião e de expressão, "com especial atenção para a proteção dos jornalistas (...), dos defensores de direitos humanos e dos representantes da sociedade civil".

Para além da intervenção no CDH, marcada para as 11:00 (10:00 em Lisboa), no Palácio das Nações, o ministro Rui Machete aproveitará a deslocação a Genebra para se encontrar, às 12:00, com o Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid al-Hussein, e às 16:00 com o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres.


  • Primeiro-ministro admite que retatório sobre Tancos possa ser "fabricado"
    2:06

    País

    O primeiro-ministro garante que o relatório divulgado pelo Expresso sobre o desaparecimento de armas em Tancos não é de nenhum organismo oficial e admite até que possa ser fabricado. Costa critica ainda o líder do PSD por ter comentado uma notícia que não confirmou. As Forças Armadas também negaram a existência de qualquer relatório sobre Tancos que o jornal reafirma existir e ser verdadeiro.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.