sicnot

Perfil

Mundo

Produção de coca fez Colômbia perder 608 mil hectares de floresta tropical em 15 anos

A Colômbia perdeu em 15 anos pelo menos 608 mil hectares de floresta húmida tropical e 35 espécies de mamíferos estão ameaçados de extinção pela expansão dos cultivos de coca, revelou um estudo divulgado hoje.

© Jose Gomez / Reuters

No documento, intitulado "Coca: Desflorestação, Contaminação e Pobreza", elaborado pela Direção de Combate aos Estupefacientes da polícia, com apoio do Centro Internacional de Estudos Estratégicos contra o Tráfico de Droga, faz-se um balanço dos impactos ambientais das culturas ilegais na Colômbia.

"As plantações de coca provocam a desflorestação e a erosão de grandes áreas, bem como a desertificação de zonas com uma história de colonização ou uso excessivo do solo por atividades de pecuária", pormenorizou o diretor do Combate aos Estupefacientes da polícia, general Ricardo Restrepo Londoño, durante a apresentação do relatório.

A publicação disponibiliza estatísticas desde 1998 até 2012 e revela que o país anualmente 40.500 hectares de bosque devido ao tráfico de droga, o que significa uma média diária de 111 hectares de vegetação original. 

"O cultivo de coca na Colômbia tem sido em áreas de colonização recente, na Orinoquia e Amazónia, em particular nas regiões de Guaviare e Caqueta", particularizou-se no documento. 

Estas regiões são quase selvagens na sua totalidade e com uma grande diversidade de fauna e flora. 

Segundo o estudo, baseado em informação de satélite, as plantações de coca na Colômbia alcançaram o seu máximo em 2000, quando se detetaram 163.289 hectares.

A partir de então tem havido uma redução, com exceção de subidas em 2005 e 2007, até se chagar aos 47.790 hectares de 2012.

Os principais estragos ambientais causados por esta atividade ilícita são a produção de dióxido de carbono, a contaminação dos recursos hídricos pelo despejo de substâncias químicas e as ameaças às espécies animais pela destruição do seu 'habitat'






Lusa
  • Cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se em Lisboa
    3:55

    Economia

    Perto de cinco mil trabalhadores da PT manifestaram-se esta sexta-feira, em Lisboa. Os números são avançados pelos sindicatos. Os trabalhadores contestam a transferência de funcionários para empresas parceiras da Altice e outras empresas do grupo, sem as mesmas garantias e direitos. A Altice garante que as transferências são legais mas alguns funcionários já levaram o caso a tribunal.

  • Uma viagem aérea pela Lagoa Negra
    1:02
  • Videovigilância regista impacto de sismo na Grécia

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6.7 atingiu na quinta-feira o mar Egeu e causou pelo menos dois mortos e mais de 200 feridos. O momento e o impacto causado pelo abalo foram registados através de uma câmara de videovigilância de um café, na ilha grega de Kos, um dos locais mais afetados.

  • A sátira a Sean Spicer no Saturday Night Live
    1:36

    Mundo

    O estilo de Sean Spicer foi controverso desde o início. A relação conflituosa do ex-assessor da Casa Branca com os jornalistas foi muitas vezes satirizada na comunicação social. Um exemplo é um momento do Saturday Night Live, protagonizado pela atriz Meliissa McCarthy.

  • Músico indiano toca guitarra durante cirurgia ao cérebro

    Mundo

    Abhishek Prasad foi submetido a uma cirurgia ao cérebro esta quinta-feira, num hospital na cidade indiana de Bangalore, após anos e anos a sofrer de dolorosos espasmos nas mãos. O insólito do caso foi que o músico indiano teve de tocar guitarra para ajudar os médicos durante a intervenção cirúrgica.