sicnot

Perfil

Mundo

Cheia histórica em rio do norte do Brasil deixa Estado em situação de calamidade

A cheia histórica do rio Acre, no Estado de mesmo nome, no norte do Brasil, deixou cerca de sete mil pessoas desalojadas e levou o governo local a decretar situação de calamidade pública. 

© STRINGER Brazil / Reuters

O rio atingiu hoje os 18,09 metros de altura, a maior cheia já registada na cidade de Rio Branco, capital do Acre. Segundo o governo local, o número de pessoas afetadas direta ou indiretamente pela inundação chega a 50 mil. 

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, disse que vai visitar o Estado ainda hoje para reunir-se com o governador e discutir medidas de auxílio.  

O Ministério autorizou hoje a transferência de 2,5 milhões de reais (770 mil euros) para ações de socorro e assistência em Rio Branco.












Lusa
  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22