sicnot

Perfil

Mundo

Equipa médica analisa todos os alimentos ingeridos pelo Presidente turco

Uma equipa médica e científica submete a análises minuciosas todos os alimentos e todas as bebidas consumidas pelo Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, de forma a prevenir eventuais tentativas de envenenamento, divulgou hoje o diário turco Hurriyet.

(Reuters/Arquivo)

"Os atentados não são mais cometidos com armas, mas através da comida", assegurou ao jornal turco Cevdet Erdol, médico pessoal de Erdogan e igualmente deputado do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP, partido no poder).

"Os alimentos e bebidas são analisados segundo critérios internacionais, procurando vestígios de radiação, matérias químicas, metais pesados e bactérias", especificou.

A equipa composta por cinco pessoas trabalha todos os dias, durante 24 horas, no palácio presidencial e as amostras são analisadas em vários laboratórios em Ancara e Istambul.

"Um laboratório também será instalado no palácio", disse Cevdet Erdol, sublinhando a necessidade de prevenir qualquer ataque tóxico, químico, radioativo ou biológico que possa visar o chefe de Estado turco, de 61 anos.

Até à data, segundo o médico, não foi encontrada qualquer substância suspeita nas amostras recolhidas.

"Todos os líderes mundiais tomam medidas de segurança e de proteção contra assassinatos. Mas acredito que estamos mais avançados nesta área do que os outros países", concluiu Cevdet Erdol.

Erdogan (islâmico conservador), que foi chefe do Governo entre 2003 e 2014 antes de ser eleito para o mais alto cargo do país, é criticado pelas suas posições radicais e autoritárias, mas também pela sua megalomania.

O oitavo Presidente turco, Turgut Ozal, morreu no seu escritório em 1993 na sequência de um ataque de coração. A família do governante e uma grande parte da sociedade turca sempre alegaram um possível envenenamento.

Uma autópsia realizada em 2012 após a exumação do cadáver do antigo líder confirmou a presença de tóxicos, mas não esclareceu se as substâncias tinham sido a causa da morte.



Lusa
  • Detido homem que disparou contra palácio do Presidente turco
    0:35

    Mundo

    Na Turquia, a polícia já deteve o homem que lançou granadas e disparou contra o palácio do Presidente. Além das duas granadas que não chegaram a explodir, o homem tinha duas armas de fogo. O incidente teve lugar no centro de Istambul. O homem foi detido pela polícia quando tentava fugir. As autoridades suspeitam que pertence a uma organização terrorista.

  • Jovem detido por insultar Presidente turco já foi libertado
    2:00

    Mundo

    Já foi libertado o estudante de 16 anos que insultou o Presidente da Turquia e foi, por isso, detido, na quarta-feira. Uma detenção que motivou críticas, não só porque se trata de um menor mas sobretudo porque foi a primeira vez que acusações ao líder turco resultaram na prisão do rapaz.

  • Igualdade entre homem e mulher é "contranatura"
    0:41

    Mundo

    O Presidente turco afirma que a igualdade entre homens e mulheres é algo que nunca pode acontecer. Em Istambul, num fórum sobre as mulheres e a justiça, Recep Tayyip Erdogan disse que a maternidade é o estatuto definido para a mulher nas sociedades islâmicas.

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.