sicnot

Perfil

Mundo

Equipa médica analisa todos os alimentos ingeridos pelo Presidente turco

Uma equipa médica e científica submete a análises minuciosas todos os alimentos e todas as bebidas consumidas pelo Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, de forma a prevenir eventuais tentativas de envenenamento, divulgou hoje o diário turco Hurriyet.

(Reuters/Arquivo)

"Os atentados não são mais cometidos com armas, mas através da comida", assegurou ao jornal turco Cevdet Erdol, médico pessoal de Erdogan e igualmente deputado do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP, partido no poder).

"Os alimentos e bebidas são analisados segundo critérios internacionais, procurando vestígios de radiação, matérias químicas, metais pesados e bactérias", especificou.

A equipa composta por cinco pessoas trabalha todos os dias, durante 24 horas, no palácio presidencial e as amostras são analisadas em vários laboratórios em Ancara e Istambul.

"Um laboratório também será instalado no palácio", disse Cevdet Erdol, sublinhando a necessidade de prevenir qualquer ataque tóxico, químico, radioativo ou biológico que possa visar o chefe de Estado turco, de 61 anos.

Até à data, segundo o médico, não foi encontrada qualquer substância suspeita nas amostras recolhidas.

"Todos os líderes mundiais tomam medidas de segurança e de proteção contra assassinatos. Mas acredito que estamos mais avançados nesta área do que os outros países", concluiu Cevdet Erdol.

Erdogan (islâmico conservador), que foi chefe do Governo entre 2003 e 2014 antes de ser eleito para o mais alto cargo do país, é criticado pelas suas posições radicais e autoritárias, mas também pela sua megalomania.

O oitavo Presidente turco, Turgut Ozal, morreu no seu escritório em 1993 na sequência de um ataque de coração. A família do governante e uma grande parte da sociedade turca sempre alegaram um possível envenenamento.

Uma autópsia realizada em 2012 após a exumação do cadáver do antigo líder confirmou a presença de tóxicos, mas não esclareceu se as substâncias tinham sido a causa da morte.



Lusa
  • Detido homem que disparou contra palácio do Presidente turco
    0:35

    Mundo

    Na Turquia, a polícia já deteve o homem que lançou granadas e disparou contra o palácio do Presidente. Além das duas granadas que não chegaram a explodir, o homem tinha duas armas de fogo. O incidente teve lugar no centro de Istambul. O homem foi detido pela polícia quando tentava fugir. As autoridades suspeitam que pertence a uma organização terrorista.

  • Jovem detido por insultar Presidente turco já foi libertado
    2:00

    Mundo

    Já foi libertado o estudante de 16 anos que insultou o Presidente da Turquia e foi, por isso, detido, na quarta-feira. Uma detenção que motivou críticas, não só porque se trata de um menor mas sobretudo porque foi a primeira vez que acusações ao líder turco resultaram na prisão do rapaz.

  • Igualdade entre homem e mulher é "contranatura"
    0:41

    Mundo

    O Presidente turco afirma que a igualdade entre homens e mulheres é algo que nunca pode acontecer. Em Istambul, num fórum sobre as mulheres e a justiça, Recep Tayyip Erdogan disse que a maternidade é o estatuto definido para a mulher nas sociedades islâmicas.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • Obama diz que não fica em silêncio se os valores do país forem ameaçados
    2:26
  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..