sicnot

Perfil

Mundo

Madonna convida líder da extrema-direita francesa para conversar, Le Pen diz que aceita

A líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, afirmou hoje que "aceita com prazer" o convite para conversar lançado na segunda-feira pela cantora pop norte-americana Madonna durante uma entrevista num canal de televisão francês.

© Mario Anzuoni / Reuters

"Aceito com prazer o convite de Madonna. Aprecio pessoas que fazem propostas de boa-fé", afirmou, em declarações à agência francesa AFP, a líder da Frente Nacional.

Na segunda-feira, durante um programa no canal de televisão privado francês Canal +, Madonna afirmou que gostaria de conversar com Marine Le Pen.

"Gostava de me sentar e beber uma bebida com ela. Quero saber de onde vem e ouvir da sua boca aquilo em que ela acredita", disse a cantora norte-americana.

"Talvez não tenha entendido Marine Le Pen. Não tenho a certeza. Não quero começar uma guerra. Quero paz no mundo", acrescentou.

Madonna, cujo novo álbum "Rebel Heart" é editado no próximo dia 10 de março, utilizou na sua última digressão, em 2012, um vídeo em que Marine Le Pen surgia com uma suástica na testa.

Nesse ano, durante um concerto na reconhecida sala parisiense Olympia, a cantora pop não mostrou a polémica montagem, mas prestou uma homenagem à tolerância em França.

Le Pen chegou ameaçar avançar com uma ação judicial contra a cantora norte-americana.

Mais recentemente, Madonna manifestou preocupação perante a progressão da Frente Nacional junto do eleitorado francês, depois da força política de extrema-direita ter vencido as eleições europeias em maio de 2014.

Na semana passada, a cantora chegou a qualificar a força partidária de Marine Le Pen como "fascista".

Durante o programa do Canal+, Madonna conheceu e abraçou um dos cartoonistas que sobreviveu ao ataque contra o jornal satírico francês Charlie Hebdo no passado dia 07 de janeiro.



Lusa
  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.