sicnot

Perfil

Mundo

Português vai dormir 60 dias em 60 aeroportos para comprar avião solidário

O produtor de teatro português Fernando Pinho comprometeu-se a dormir dois meses em aeroportos de diferentes países para angariar dinheiro suficiente para comprar um avião que quer usar em missões de solidariedade. 

Fernando Pinho vai angariar fundos para comprar um "avião solidário"

Fernando Pinho vai angariar fundos para comprar um "avião solidário"

Projeto Amélia

O desafio faz parte do lançamento do " Projeto Amélia", uma nova organização de solidariedade que pretende colocar à disposição de outras instituições de beneficência um jato para chegar gratuitamente a locais na Europa, África e Médio Oriente. 

O objetivo é poder transportar equipas de emergência, médicos e enfermeiros até pessoas em regiões atingidas por desastres naturais, pobreza ou doenças e levar pessoas com doenças graves para tratamento médico não-urgente.

O avião poderá também transportar pessoas com doenças graves para realizar os seus sonhos, como é o caso da primeira missão, marcada para julho: levar crianças em estado avançado de cancro à Disneyland em Paris.

Fernando Pinho estima que tudo começou quando o seu irmão, na altura com 12 anos, foi diagnosticado com Leucemia e então liderou uma campanha para angariar doares de medula óssea, disse à agência Lusa

Recentemente, a paternidade fê-lo sentir necessidade de dedicar-se a causas importantes, ao mesmo tempo que cultiva a paixão pela aviação: o nome do projeto terá o nome da filha Amélia, inspirado na primeira mulher aeronauta a atravessar o atlântico.  

Fernando Pinho acredita que o avião vai poupar às organizações milhares de libras que podem ser investidos diretamente nas suas causas, que lhes permita responder mais rapidamente, chegando aos locais afetados e ajudá-los a atingir os seus objetivos.

Para atingir a meta, o português precisa de angariar até 03 de maio 50 mil euros, que servirão para comprar as três primeiras missões.

Porém, o objetivo até 2017 é conseguir perto de quatro milhões de euros para adquirir um Pilatus PC-12, aeronave com características especiais, usado, por exemplo, pela Cruz Vermelha ou pela Força Aérea dos EUA.

"Desde muito cedo, decidimos que o The Amélia Project seria um projeto aberto a quem quisesse fazer parte dele. Crowdfunding permite mais do que angariação de fundos, permite criar uma comunidade em volta de uma causa", disse o português à Lusa.

Os investidores poderão ter desde o nome pintado na fuselagem do avião a participar numa missão, dependendo do valor que ofereçam.  

Fernando Pinho já está a trabalhar com oito organizações, como a portuguesa AMI, para apoiar na resposta a emergências internacionais, ou a World Child Cancer, que está interessada no transporte de médicos e equipamento médico para África para assistir crianças com cancro. 

Antes, para propagar a mensagem, o português propõe-se viver durante 60 dias em 60 aeroportos diferentes em mais de 30 países, só podendo voar para outro país se a campanha atingir uma meta diária de angariação de fundos. 

Levará apenas uma mala de cabine, na qual terá um tablet, que usará para comunicar o público através das redes sociais, telefone, cobertor e tampões para os ouvidos, restando pouco espaço para vestuário. 

"Lá terei de lavar roupa nas casas de banho", conformou-se. 



Lusa
  • Fuga de ácido em camião corta EN1 em Gaia

    País

    Uma fuga de gás clorídrico do contentor de um camião que circulava na zona de Pedroso em Vila Nova de Gaia obrigou ao corte do trânsito na EN 1, no sentido Norte/Sul.

    Em desenvolvimento

  • Polémica sobre offshore intensifica guerra de palavras entre PSD e Governo
    2:39
  • DGO divulga hoje execução orçamental de janeiro

    Economia

    A Direção-Geral do Orçamento (DGO) divulga hoje a síntese de execução orçamental em contas públicas de janeiro, sendo que o Governo estima reduzir o défice para 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em contabilidade nacional em 2017.

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • "Não preciso de ajustar contas com ninguém"
    0:49

    País

    O ex-Presidente da República insiste que José Sócrates foi desleal durante as negociações do Orçamento do Estado para 2011. Numa entrevista dada à RTP1, Cavaco Silva esclareceu ainda que não escreveu o livro de memórias para ajustar contas com o ex-primeiro-ministro.

  • Sócrates em processo judicial surpreende Cavaco
    0:18

    País

    Cavaco Silva afirmou ter ficado surpreendido com o envolvimento de José Sócrates num processo judicial. Em entrevista à RTP1 o ex-Presidente da República diz que nunca se apercebeu de qualquer "atuação legalmente menos correta" da parte de Sócrates.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28
  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.