sicnot

Perfil

Mundo

Emwazi diz que não há provas que o seu filho seja o "jihadista John"

O pai do "jihadista John" defende que não há provas que o seu filho seja o autor das decapitações do Estado Islâmico e afirma que há vários "falsos rumores" a circular, em declarações à imprensa local hoje publicadas.

"Não há nada que prove o que circula nos meios de comunicação, especialmente através de vídeos e montagens, que o acusado é o meu filho Mohammed, que está a ser referido como o alegado carrasco do Daesh [Estado Islâmico]", disse Jassem Emwazi ao jornal do Kuwait, Al-Qabas.


Segundo o diário, a entrevista - a primeira desde que surgiram as acusações contra o seu filho - decorreu numa localização secreta.


"Tenho uma mensagem para as pessoas do Kuwait: muitos dos rumores são falsos. Parece que algumas pessoas acreditaram, por isso contratei um advogado para me defender e provar que o que está a ser dito não é verdade", disse.


Anteriormente foi noticiado que Jassem Emwazi e a sua mulher disseram ter reconhecido a voz do filho.


Mohammed Emwazi, o alegado autor de, pelo menos, cinco decapitações, nasceu no Kuwait numa família de origens iraquianas. Os seus pais mudaram-se para o Reino Unido em 1993.


Desde que deixou o Reino Unido, o chamado "jihadista John" visitou o Kuwait várias vezes, a última vez em 2010.


Chegou a 18 de janeiro de 2010, via Emirados Árabes, tendo pedido para o efeito um visto usando o seu passaporte britânico, e permaneceu no país até 26 de abril, escreveu anteriormente o Al-Qabas.


Mas em 2014, foi proibido de entrar no Kuwait, depois do seu nome ter sido ligado a um ataque terrorista no Reino Unido, segundo o mesmo diário.


Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.