sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 34 mortos em ataque contra quartel dos serviços de informações em Alepo, na Síria

Pelo menos 20 membros das forças governamentais sírias e 14 rebeldes foram hoje mortos num ataque contra um quartel-general dos serviços de informações da Força aérea na cidade de Alepo (norte), informou o Observatório sírio dos direitos humanos (OSDH). 

© Hosam Katan / Reuters

Segundo a ONG, os rebeldes detonaram uma poderosa carga explosiva subterrânea sob um edifício onde estavam instalados gabinetes dos serviços de informações da Força aérea síria. De seguida, registaram-se combates entre as forças do regime e rebeldes, que não conseguiram tomar o controlo do complexo. 

A Frente Al-Nusra, um ramo da Al-Qaida na Síria, disse na rede social Twitter que as suas forças, com outras fações rebeldes, "atacaram os gabinetes dos serviços de informações militares e edifícios vizinhos". 

Uma fonte militar síria garantiu que unidades leais ao regime do Presidente Bashar al-Assad comprometeram a "tentativa de um grupo terrorista em infiltrar-se no edifício dos serviços de informações militares em Apelo, e mataram ou feriram vários atacantes". 

Ainda em Alepo, pelo menos seis civis foram mortos e 30 ficaram feridos após o disparo de projéteis pelos rebeldes sobre áreas controladas pelas autoridades nos bairros de Yalediya e Salahedin, acrescentou o Observatório. 

Os rebeldes desencadearam uma ofensiva em finais de julho de 2012 em Alepo e passaram a controlar uma ampla área da cidade, mas sem conseguirem controlar toda a localidade. 

Segundo a ONU, o conflito na Síria, iniciado em março de 2011, já provocou mais de 200.000 mortos e nove milhões de civis foram forçados a abandonar as suas casas, com cerca de três milhões de refugiados em países vizinhos. 



Lusa
  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.