sicnot

Perfil

Mundo

Presidente do Chade promete "erradicar o Boko Haram" e eliminar o seu chefe

O Presidente chadiano, Idriss Deby, prometeu hoje "erradicar" o grupo islamita armado nigeriano Boko Haram e eliminar o seu chefe, Abubakar Shekau, caso este não se renda, e cuja localização disse saber.  

© Thomas Mukoya / Reuters

Abubakar Shekau "tem todo o interesse em render-se, sabemos onde está. Se recusar render-se vai conhecer a mesma sorte que os seus camaradas conheceram", declarou o chefe de Estado chadiano durante uma conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo do Níger, Mahamadu Issufou, de visita a N'Djamena. 

O chefe do grupo islamita, prosseguiu, "fugiu de Dikwa [Nigéria] após os últimos combates" entre o exército chadiano e os insurgentes.  

Em 17 de fevereiro, os soldados chadianos expulsaram o Boko Haram de Dikwa, na estrada entre Gambru, perto da fronteira com os Camarões, e a cidade estratégica de Maiduguri, capital do estado de Borno, no nordeste da Nigéria, situada a 90 quilómetros. 

Segundo o estado-maior do exército chadiano, dois soldados e 117 islamitas foram mortos na ocasião durante violentos combates, com o exército de N'Djamena, até então estacionado nos Camarões, a penetrar pela primeira vez em profundidade em território nigeriano.  

"Ao contrário do que pensam alguns 'media' vamos vencer a guerra e vamos erradicar o Boko Haram. As forças chadianas e nigerianas vão continuar a sua missão para por termo em definitivo a esta nebulosa", acrescentou Idriss Deby. 

A insurreição islamita e a sua repressão pelas forças governamentais nigerianas já provocaram desde 2009 mais de 13.000 mortos no nordeste da Nigéria. 










Lusa
  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC

  • Quase 600 pedidos de nulidade de casamentos católicos em três anos
    1:38

    País

    Entre 2015 e 2017, 575 casais portugueses pediram a anulação do casamento católico. O ano passado o número de pedidos duplicou em relação a 2015. Desde esse ano, e por decisão do Papa Francisco, que os pedidos de nulidade do casamento pela Igreja são mais simples, mais baratos e mais rápidos.

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31

    País

    Rui Rio diz que a decisão sobre o futuro da liderança da bancada parlamentar do PSD só será tomada depois de falar com Pedro Passos Coelho e com Hugo Soares. Em entrevista à RTP, a primeira depois de vencer as diretas, o Rui Rio lembrou esta terça-feira que Passos Coelho ainda é líder do partido.

  • Deputado dorme no Parlamento britânico
    0:58