sicnot

Perfil

Mundo

Boko Haram mata 68 pessoas, entre as quais crianças, no nordeste da Nigéria

Pelo menos 68 pessoas, entre as quais crianças, foram mortas num massacre perpetrado pelo grupo radical islâmico Boko Haram numa aldeia do nordeste da Nigéria, indicaram hoje testemunhas e membros de uma milícia local.

© Stringer . / Reuters

O ataque ocorreu na terça-feira na aldeia de Njaba, que ficou totalmente destruída pelas chamas.  

"Eu participei na contagem dos cadáveres, 68 pessoas foram mortas", declarou Muminu Haruna, de 42 anos, que conseguiu fugir.

Segundo Haruna e outras três testemunhas, várias crianças foram deliberadamente tomadas como alvos. 

Os elementos do Boko Haram estavam fortemente armados e entraram na aldeia do estado de Borno "vindos de todas as direções", disse Falmata Bisika, de 62 anos, que fugiu para a capital do estado, Maiduguri, a cerca de 50 quilómetros a norte de Njaba, onde falou à imprensa.

"Os terroristas estavam armados até aos dentes", relatou a testemunha, que os viu disparar sobre os habitantes em fuga, incluindo "adolescentes e velhos". 

"É muito improvável que eu alguma vez regresse: quatro dos meus netos foram mortos", observou. 

Ali Mulai, membro de uma milícia local, disse que o ataque começou pelas 05:00 locais (04:00 TMG e de Lisboa).

"Entre as vítimas havia meninos e meninas com idades entre os 13 e os 19 anos e outros habitantes mais velhos que foram mortos a tiro ou esquartejados", indicou.

Outro elemento da mesma milícia referiu que o ataque deverá ter sido lançado a partir de Gwoza, onde o Boko Haram está a concentrar combatentes. 

Gwoza é também a cidade do estado de Borno onde o líder do Boko Haram, Abubakar Shekau, primeiro proclamou a existência de um califado islamista dentro da Nigéria.



Lusa

  • Oliveira Costa "era incompetente para todos os lugares em que eu o vi"
    3:12
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    O caso BPN esteve em destaque no programa Quadratura do Circulo desta quinta-feira. Pacheco Pereira relembrou que os maiores prejuízos são posteriores à nacionalização e responsabiliza José Sócrates. O Jorge Coelho disse que se fez justiça e que é uma prova que o Estado de direito português está a funcionar. Lobo Xavier garantiu também que Oliveira Costa era incompetente por natureza.

  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.