sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro australiano sugere que as buscas pelo MH370 sejam reduzidas

 Primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, sugeriu hoje que as buscas pelo voo MH370 da Malaysia Airlines sejam reduzidas, a três dias do primeiro aniversário do desaparecimento do avião.

© Stringer Australia / Reuters

A aeronave voava de Kuala Lumpur para Pequim, no dia 08 de março de 2014, com 239 pessoas a bordo, quando desapareceu, não tendo sido ainda encontrados quaisquer vestígios, apesar das intensas buscas no mar.


"Quero reafirmar junto das famílias a nossa esperança e expectativa que as buscas sejam bem-sucedidas", disse Abbott no Parlamento, em Camberra.


"Não posso prometer que as buscas continuem com esta intensidade para sempre, mas vamos dar o nosso melhor para resolver este mistério e providenciar algumas respostas", ressalvou.


A Austrália lidera as operações de buscas no Oceano Índico a cerca de 1.600 quilómetros da costa, com quatro embarcações equipadas com sonares sofisticados.


Lusa
  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".