sicnot

Perfil

Mundo

Serviços secretos britânicos incentivados a recrutar mães de meia-idade

Um relatório de uma comissão do parlamento britânico recomendou às agências dos serviços de informações do Reino Unido que recrutem mães de família de meia-idade, foi hoje divulgado.

© Luke MacGregor / Reuters

"As mulheres e mães de meia-idade dispõem de uma valiosa experiência de vida e poderão oferecer uma fonte de recrutamento inexplorada até agora", segundo um relatório da comissão parlamentar responsável por questões de segurança. 

De acordo com a deputada trabalhista Hazel Blears, que coordenou o relatório, as mulheres com filhos, que criaram uma família, "têm uma experiência de vida diferente" que seria útil para esta área. 

"Muito do trabalho, em particular no MI5 [serviços secretos internos britânicos], consiste na construção de relações, de confiança" durante meses e anos, argumentou a deputada britânica, numa conferência de imprensa, destacando ainda que o trabalho dos elementos destas agências não é apenas "deslocar-se às cenas de crime". 

As mulheres representam atualmente 37% dos efetivos das agências de serviços de informações britânicos: MI5, MI6 (serviços secretos externos) e GCHQ (serviços de escutas). São apenas 19% em funções de responsabilidade contra 38% na administração pública.

O relatório da comissão parlamentar sublinhou que, apesar dos progressos em termos de diversidade, "existem problemas culturais e comportamentais" no seio dos serviços que dificultam a progressão profissional das mulheres. 

"Parece-nos claro que existe uma hierarquia intermédia (...) que tem uma mentalidade e uma visão muito masculina e tradicional", explicou Hazel Blears, citada no relatório.

A par das mulheres, e após os atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, o foco de recrutamento têm sido sobre pessoas originárias de minorias étnicas. 

O relatório parece estar em sintonia com o realizador do próximo filme do agente 007 James Bond "Spectre", Sam Mendes, que escolheu a atriz italiana Monica Bellucci, de 50 anos, para interpretar uma das "Bond girls". 

"Pela primeira vez, James Bond vai ter uma história de amor com uma mulher madura", afirmou Sam Mendes, para explicar a escolha de Bellucci, citado pelo diário britânico Telegraph.



Lusa
  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.