sicnot

Perfil

Mundo

Acidente de Harrison Ford sob investigação

Acidente de Harrison Ford sob investigação

O ator norte-americano, Harrison Ford, ficou ferido depois da avioneta que pilotava ter caído num campo de golfe na Califórnia. Apesar dos golpes profundos na cabeça, o ator está fora de perigo. O acidente já está a ser investigado.

 O ator Harrison Ford deve recuperar totalmente do acidente de avião de que foi vítima na quinta-feira, indicou hoje a sua agente.


"Ele ficou ferido e está no hospital a receber tratamento médico. Os ferimentos não implicam perigo de vida e espera-se que recupere totalmente", afirmou a sua agente, Ina Treciokas.


O avião de Harrison Ford caiu na quinta-feira num campo de golfe, nos arredores de Los Angeles, noticiou inicialmente a página especializada em celebridades TMZ.


O ator, com 72 anos, sofreu vários golpes profundos na cabeça e ficou a sangrar depois da queda do avião de dois lugares, adiantou a publicação, que divulgou uma fotografia do aparelho.


Em junho último, Ford partiu uma perna durante as filmagens do novo filme "Guerra das Estrelas", nos Estúdios Pinewood, nos arredores de Londres. 


Harrison Ford foi protagonista em filmes como Indiana Jones, o Fugitivo, a Testemunha (no qual foi nomeado para Óscar na categoria de Melhor Ator), A Guerra das Estrelas, Air Force One ou Blade Runner.



  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.