sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca indignada com destruição das ruínas iraquianas de Nimrod

A Casa Branca manifestou esta sexta-feira indignação com a destruição, na quinta-feira, das ruínas da antiga cidade assíria de Nimrod, no Iraque, por elementos do Daesh, considerando-o "incompreensível".

© Radu Sigheti / Reuters

"Profundamente triste com a destruição incompreensível de obras históricas, culturais e religiosas do Iraque, incluindo o recente ataque contra Nimrud", escreveu no Twitter o Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca.

A destruição das ruínas de Nimrud ocorreu na quinta-feira e foi denunciada pelo ministro do Turismo e das Antiguidades iraquiano.

"Ignoramos o grau de destruição" provocado, afirmou um responsável iraquiano, citado pela agência noticiosa AFP.

A UNESCO considerou também hoje como um "crime de guerra" a destruição das ruínas, bem como a Al-Azhar, uma prestigiada instituição teológica do islão sunita.

A semana passada, elementos do Estado Islâmico divulgaram um vídeo com imagens de alguns dos seus membros a destruírem esculturas pré-islâmicas no norte do Iraque.
  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.