sicnot

Perfil

Mundo

Dois cadáveres mumificados e gelados encontrados no pico mais alto do México

Dois corpos mumificados e gelados foram descobertos perto do topo do Pico de Orizaba, o ponto mais alto do México, informaram na quinta-feira as autoridades locais.

Gregory Bull

Uma equipa de 12 membros da Proteção Civil subiu ao pico, de 5.747 metros, depois de alpinistas terem indicado, na segunda-feira, que encontraram um crânio a 310 metros do cume.


Devido à densa neblina, apenas dois alpinistas conseguiram chegar ao local onde o crânio tinha sido visto. A cerca de 150 metros descobriram um segundo corpo, igualmente gelado e mumificado.


"Não se trata de um corpo, são dois (...) o tempo não nos ajudou, o nevoeiro impediu as operações", disse à AFP Juan Navarro, presidente da Câmara de Chalchicomula de Sesma, situada no sopé do Pico de Orizaba, no estado de Puebla.


As autoridades acreditam que os restos mortais são de dois mexicanos que desapareceram, juntamente com um terceiro homem, há 55 anos, durante uma avalanche.


Lusa
  • Pescador desaparecido no rio Minho, em Alvaredo, Melgaço

    País

    O pescador desapareceu na noite deste sábado no rio Minho, em Alvaredo, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil estão envolvidos nas buscas 15 operacionais e quatro viaturas.

  • Portugal vai testar capacidade de resposta a ciberataque
    0:22

    País

    O exercício está marcado para os dias 09 e 10 de maio e é o primeiro a nível nacional a testar um ciberataque em Portugal. O teste é organizado pelo Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) para apurar "o "grau de preparação" das várias entidades públicas e privadas, mas já conclusões a ter em conta. Segundo o coordenador do CNCS, Pedro Veiga confirma-se tendência para os ataques serem cada vez mais sofisticados e é preciso alertar a população para o que publicam na internet e se pode colocar em risco a privacidade e a segurança.

  • Mont-Saint-Michel evacuado "por precaução"

    Mundo

    O monumento do Monte Saint-Michel, no oeste de França, foi evacuado hoje de manhã "por precaução", tendo sido retirados os turistas e habitantes devido à presença de um suspeito que ameaçou as forças da ordem, anunciou a polícia francesa.

  • As suspeitas que recaem sobre Ricardo Salgado e Manuel Pinho
    2:00