sicnot

Perfil

Mundo

Estado Islâmico destrói com bulldozer cidade histórica do norte do Iraque

O Estado Islâmico começou esta quinta-feira a destruir, com recurso a bulldozer, a cidade de Nimroud, uma joia arqueológica do norte do Iraque, uma semana após ter sido difundido um vídeo com a destruição de esculturas pré-islâmicas em Mosul.

Arquivo

Arquivo

© STRINGER Iraq / Reuters

A ONU anunciou também que 28.000 pessoas fugiram da região de Tikrit, mais a sul, onde as forças governamentais lançaram uma ofensiva contra o Estado Islâmico.


Os 'jihadistas' "tomaram de assalto a cidade histórica de Nimroud e começaram a destrui-la, com bulldozers", disse o Ministério do Turismo e Antiguidades na sua página oficial do Facebook.


Um responsável do ministério confirmou, sob anonimato, que até ao momento, não é possível "medir a amplitude dos danos".


Nimroud, uma cidade fundada no século XIII antes de Cristo, está localizada junto ao rio Tigre, a cerca de 30 quilómetros de Mosul, a grande cidade do norte do Iraque, controlada pelo Estado Islâmico desde junho.


Lusa
  • Iraque lança ofensiva contra Estado Islâmico para recuperar Tikrit
    0:37

    Daesh

    O Iraque lançou uma ofensiva contra o Estado Islâmico, depois de o grupo extremista ter tomado a cidade iraquiana de Tikrit. Cerca de 30 mil militares das forças iraquianas, apoiados por meios aéreos, tentam recuperar a cidade tomada pelos jihadistas. O primeiro-ministro do Iraque, Haider Al-Abadi, explica que o objetivo é libertar a população do domínio do Estado islâmico.

  • Mulheres curdas deixam de usar vestidos laranja por causa do Estado Islâmico
    2:01

    Daesh

    Os Estados Unidos estão a acompanhar de perto a ofensiva das tropas iraquianas contra o Estado Islâmico, apesar de não intervirem diretamente nesta frente de combate. Esta quarta-feira, a Casa Branca fez saber que o vice-presidente Joe Biden falou com o primeiro-ministo do Iraque, para saber qual a situação em Tikrit, a cidade que o Exército procura recuperar aos extremistas do Estado Islâmico. Por causa do Estado Islâmico, as mulheres curdas estão a deixar de vestir cor de laranja.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.