sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de esfaquear diplomata em Seul garante que não tem ligações à Coreia do Norte

Suspeito de esfaquear diplomata em Seul garante que não tem ligações à Coreia do Norte

O homem que ontem agrediu um embaixador norte-americano, na Coreia do Sul, foi hoje levado a tribunal. Kim Ki-Jong já admitiu a agressão e é hoje ouvido por um juiz que, até ao fim do dia, deverá validar o mandado de detenção.

O agressor já tinha sido condenado em 2010 por atacar outro diplomata japonês. Desta vez esfaqueou um embaixador norte-americano durante um pequeno-almoço de trabalho, em Seul. O diplomata sofreu vários cortes no rosto, num braço e numa mão, mas livre de perigo.

Questionado pelos jornalistas, à saída da esquadra de polícia, o suspeito da agressão garantiu que não recebeu ordens para cometer o ataque e que não tem qualquer relação com a Coreia do Norte.

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.