sicnot

Perfil

Mundo

Suspeito de esfaquear diplomata em Seul garante que não tem ligações à Coreia do Norte

Suspeito de esfaquear diplomata em Seul garante que não tem ligações à Coreia do Norte

O homem que ontem agrediu um embaixador norte-americano, na Coreia do Sul, foi hoje levado a tribunal. Kim Ki-Jong já admitiu a agressão e é hoje ouvido por um juiz que, até ao fim do dia, deverá validar o mandado de detenção.

O agressor já tinha sido condenado em 2010 por atacar outro diplomata japonês. Desta vez esfaqueou um embaixador norte-americano durante um pequeno-almoço de trabalho, em Seul. O diplomata sofreu vários cortes no rosto, num braço e numa mão, mas livre de perigo.

Questionado pelos jornalistas, à saída da esquadra de polícia, o suspeito da agressão garantiu que não recebeu ordens para cometer o ataque e que não tem qualquer relação com a Coreia do Norte.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47