sicnot

Perfil

Mundo

Vodafone anuncia política de apoio à maternidade

Até ao final de 20145, a Vodafone vai por em macha medidas de apoio à maternidade.

© Stefan Wermuth / Reuters

A empresa vai oferecer às mulheres grávidas 16 semanas de licença pagas por inteiro.  Quando regressarem, as mães vão poder trabalhar apenas 30 horas por semana, durante seis meses, e receber o ordenado completo.

A empresa espera assim conseguir reter e recrutar cada vez mais mulheres. Atualmente 35% dos trabalhadores da Vodafone são mulheres. 

A medida vai ser implementada em todos os países onde a empresa opera. 

Os países onde as medidas terão mais impacto são, segundo a empresa, Índia, Estados Unidos, e os grandes países africanos,  onde o apoio à maternidade é menor.


  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.