sicnot

Perfil

Mundo

Casa Branca fechada à imprensa depois de ouvido um estrondo

Os serviços de segurança da Casa Branca confinaram hoje os jornalistas à sala de imprensa do edifício depois de ter sido ouvida uma detonação quando se aguardava a saída do presidente Barack Obama para Selma, Alabama, indicou um dos presentes.

DENNIS BRACK / POOL

Segundo os bombeiros de Washington, registou-se um incêndio num veículo que vendia comida numa rua das imediações que foi entretanto extinto. Desconhece-se se o estrondo foi provocado por este incêndio.

"Quando os jornalistas se reuniam no exterior da Casa Branca para a partida do Presidente e da família para Selma, Alabama, onde se assinalam os 50 anos da marcha, ouviu-se uma forte detonação", relatou o jornalista David McCumber, do grupo Hearst Newspapers.

"Os serviços secretos deram indicações aos jornalistas para entrarem e fecharam as portas", explicou.

Obama, a mulher e as duas filhas, Malia e Sasha, devem participar hoje nas comemorações do 50.º aniversário da marcha pelos direitos cívicos dos negros, em Selma, Alabama, no sul do país.

Lusa
  • "Ainda falta muito em termos de estudo"
    3:51

    Opinião

    Uma equipa internacional de astrónomos, detetou, fora do Sistema Solar, sete planetas semelhantes à Terra, onde a água poderá existir em estado líquido. O anúncio foi feito esta quarta-feira pela NASA. Pedro Machado, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, esteve na Edição da Tarde para falar sobre esta descoberta.

  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.