sicnot

Perfil

Mundo

Japoneses em manifestação contra o nuclear

Uma plataforma antinuclear japonesa convocou hoje uma manifestação frente ao parlamento nipónico contra a decisão do Governo em reativar as centrais nucleares do país quando o Japão se preparara para assinalar o quarto aniversário do acidente de Fukushima.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Shannon Stapleton / Reuters

A 11 de março de 2011 um forte sismo, seguido de tsunami, provocou milhares de mortos e o pior acidente nuclear desde Chernobil, em 1986.

A concentração de hoje, que pretende realizar um cordão humano em volta do parlamento japonês, não quer voltar à energia nuclear depois dos 48 reatores de uso comercial terem sido desligados após ao acidente de Fukushima.

Cerca de 30% da energia consumida no Japão era derivada das centrais nucleares o que fez aumentar fortemente os custos para o Japão atual, obrigado a recorrer a outras fontes energéticas, principalmente as energias fósseis.

O Governo do primeiro-ministro Shinzo Abe pretende relançar a produção nuclear, cumpridos os novos requisitos de segurança e obtida autoridades dos poderes locais onde as centrais estão instaladas.

Um inquérito telefónico feito em novembro pela agência Kyodo dá conta que 60,2% dos japoneses estão contra a utilização das centrais nucleares para a produção elétrica e que apenas 31,9% apoia a medida.



Lusa
  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.