sicnot

Perfil

Mundo

Criador dos "Simpsons" Sam Simon morreu vítima de cancro

Sam Simon, um dos criadores da série norte-americana "Os Simpsons" e que também escreveu episódios para "Taxi" e "Cheers", morreu aos 59 anos vítima de cancro do cólon, foi hoje anunciado.

AP

Simon, que desenvolveu a série de culto "Os Simpsons", no fim dos anos 1980 com Matt Groening e James L. Brooks, morreu em casa, em Los Angeles, Califórnia, precisou a revista Variety.

"Um grande homem, devo-lhe tudo", escreveu na sua conta do twiter o seu colega e amigo Al Jean, acrescentando que se tratou de uma "grande perda".

 Sam Simon deixou "Os Simpsons" em 1993 mas até hoje era creditado como produtor executivo da série. Parte do dinheiro que recebeu dedicou-o a atividades filantrópicas, segundo a Variety. De acordo com o IMDB, uma base de dados especializada em cinema e televisão, o dinheiro que recebia seria cerca de 10 milhões de dólares por ano (9,2 milhões de euros).

 Ganhou sete prémios Emmy pela série "Os Simpsons" e dois pela sua participação no programa "The Tracey Ullman Show", que passou nas televisões norte-americanas há mais de duas décadas.

 A série "Os Simpsons" estreou em 1989 e continua ainda hoje, sendo das séries norte-americanas com maior duração e também das que mais prémios ganharam.

 Sam Simon tinha anunciado em 2013 que sofria de cancro e que tinha doado a fortuna a projetos de caridade.


Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.