sicnot

Perfil

Mundo

Editora da Vogue em risco de ser demitida por usar foto de sem-abrigo

A editora da revista Vogue norte-americana, Elisabeth Taxis, poderá ser demitida devido à publicação no Instagram de uma fotografia de um sem-abrigo com a revista nas mãos e com a mensagem: "leitores da Vogue até em sítios insuspeitos".

Axel Heimken

Em plena Semana da Moda de Paris, Elisabeth von Thurn und Taxis, mais conhecida como "TNT", colocou a fotografia de uma mendiga de Paris a ler a Vogue, coberta com mantas e com todos os seus pertences.


 "Paris está cheio de surpresas... há leitores da Vogue até nos sítios mais insuspeitos", dizia na mensagem, que acompanhava a fotografia.

 Na sequência da publicação da fotografia, os seus seguidores acusaram-na de ter "pouca vergonha" e de ter feito uma fotografia "cruel, estúpida" e de "mau gosto".

 Depois de ter sido chamada a atenção pela revista, "TNT" decidiu retratar-se e colocar outra fotografia, desta vez com uma imagem do rio Sena e por um texto em que pede as suas "mais sinceras desculpas pelas ofensas".

 Von Thurn und Taxis, de 32 anos e de origem alemã, só escreve artigos de opinião na Vogue e comentários nas redes sociais que estão na fronteira entre o entretenimento e o mau gosto, refere o portal Fashionista.


Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Parlamento debate uso de animais no circo: as posições do PCP, Bloco e PAN
    2:03
  • ONU analisa proposta do Egito que visa anular decisão de Trump sobre Jerusalém
    1:27

    Mundo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas está a analisar um projeto de resolução que pretende rejeitar a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital oficial de Israel. O projeto de resolução, proposto pelo Egito, deverá ser votado amanhã mas vai, seguramente, contar com o voto contra dos Estados Unidos.