sicnot

Perfil

Mundo

Três anos de prisão por ter ajudado francesa a tentar viagem para a Síria

Um homem foi hoje condenado por um tribunal de Paris a três anos de prisão por ter ajudado uma adolescente de 14 anos que pretendia viajar para a Síria e casar com um 'jihadista' que conheceu através da internet. 

© Denis Balibouse / Reuters

O primeiro processo em França relacionado com o fenómeno de jovens raparigas radicalizadas coincidiu com a partida de três adolescentes britânicas para territórios controlados pelo grupo Estado Islâmico (EI), que provocou reações de choque no Reino Unido.   

O homem, com 41 anos, ajudou a adolescente em fuga a deslocar-se ao aeroporto de Lyon em fevereiro de 2014, para seguir em direção a Istambul. Os seus pais comunicaram o seu desaparecimento à polícia, que a detetou antes de seguir no voo.  

Particularmente determinada, a adolescente fugiu de novo e foi encontrada na Bélgica em setembro de 2014, casada com um 'jihadista' belga, e de seguida desapareceu, encontrando-se provavelmente na Síria com o seu marido. 

A jovem, que se radicalizou e usava véu islâmico, apesar da oposição da família, conheceu no Facebook um certo "Tony Toxico", que se apresentou como um membro do grupo Estado islâmico. Este aconselhou-a a deixar a França para viver plenamente a sua religião na Síria. A jovem rapariga disse que pretendia viajar para a Síria e casar com "Tony Toxico".

O condenado, com três filhas, incluindo uma com 14 anos, também foi contactado na rede social por "Tony Toxico", que lhe pediu para ajudar a adolescente a deslocar-se para a Síria. 

No julgamento, o detido disse ter prestado este serviço ao interlocutor, que não conhecia, por se tratar de um "irmão de religião". 


Lusa
  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.