sicnot

Perfil

Mundo

Três anos de prisão por ter ajudado francesa a tentar viagem para a Síria

Um homem foi hoje condenado por um tribunal de Paris a três anos de prisão por ter ajudado uma adolescente de 14 anos que pretendia viajar para a Síria e casar com um 'jihadista' que conheceu através da internet. 

© Denis Balibouse / Reuters

O primeiro processo em França relacionado com o fenómeno de jovens raparigas radicalizadas coincidiu com a partida de três adolescentes britânicas para territórios controlados pelo grupo Estado Islâmico (EI), que provocou reações de choque no Reino Unido.   

O homem, com 41 anos, ajudou a adolescente em fuga a deslocar-se ao aeroporto de Lyon em fevereiro de 2014, para seguir em direção a Istambul. Os seus pais comunicaram o seu desaparecimento à polícia, que a detetou antes de seguir no voo.  

Particularmente determinada, a adolescente fugiu de novo e foi encontrada na Bélgica em setembro de 2014, casada com um 'jihadista' belga, e de seguida desapareceu, encontrando-se provavelmente na Síria com o seu marido. 

A jovem, que se radicalizou e usava véu islâmico, apesar da oposição da família, conheceu no Facebook um certo "Tony Toxico", que se apresentou como um membro do grupo Estado islâmico. Este aconselhou-a a deixar a França para viver plenamente a sua religião na Síria. A jovem rapariga disse que pretendia viajar para a Síria e casar com "Tony Toxico".

O condenado, com três filhas, incluindo uma com 14 anos, também foi contactado na rede social por "Tony Toxico", que lhe pediu para ajudar a adolescente a deslocar-se para a Síria. 

No julgamento, o detido disse ter prestado este serviço ao interlocutor, que não conhecia, por se tratar de um "irmão de religião". 


Lusa
  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.