sicnot

Perfil

Mundo

Chineses constroem arranha-céus de 57 andares em 19 dias

A construtora chinesa Broad Sustainable Building, especializada em edifícios pré-fabricados, conseguiu construir um arranha-céus de 57 andares em apenas 19 dias na cidade de Changsha, no centro do país, informou a empresa no seu portal oficial na Internet.

Neste vídeo, disponível no YouTube, a empresa, com sede na mesma cidade, mostra em quatro minutos como se desenvolveu a construção, com os operários a montarem três andares por dia.



O edifício, de 186.000 metros quadrados, com capacidade para 800 apartamentos, é o mais alto que a empresa conseguiu edificar até ao momento.


Em 2010, a Broad Sustainable Building erigiu um hotel de 15 andares em 48 dias e no ano seguinte conseguiu aquela que era a sua maior conquista até agora: outro hotel, de 30 pisos, que construiu em 15 dias.


Zhang Xianmin, um dos arquitetos da empresa, salientou o método usado: a construção em módulos. Além de mais rápida, é mais sustentável face às técnicas tradicionais, já que reduz o uso de cimento.   


Broad Sustainable Building é a empresa que propôs construir, também na cidade de Changsha, o projeto "Sky City", que pretende ser o arranha-céus mais alto do mundo, com 220 pisos.


Contudo, esse projeto está atualmente paralisado devido a problemas relacionados com a aprovação oficial e dúvidas sobre a viabilidade económica ou a segurança do edifício.

Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.