sicnot

Perfil

Mundo

Chineses constroem arranha-céus de 57 andares em 19 dias

A construtora chinesa Broad Sustainable Building, especializada em edifícios pré-fabricados, conseguiu construir um arranha-céus de 57 andares em apenas 19 dias na cidade de Changsha, no centro do país, informou a empresa no seu portal oficial na Internet.

Neste vídeo, disponível no YouTube, a empresa, com sede na mesma cidade, mostra em quatro minutos como se desenvolveu a construção, com os operários a montarem três andares por dia.



O edifício, de 186.000 metros quadrados, com capacidade para 800 apartamentos, é o mais alto que a empresa conseguiu edificar até ao momento.


Em 2010, a Broad Sustainable Building erigiu um hotel de 15 andares em 48 dias e no ano seguinte conseguiu aquela que era a sua maior conquista até agora: outro hotel, de 30 pisos, que construiu em 15 dias.


Zhang Xianmin, um dos arquitetos da empresa, salientou o método usado: a construção em módulos. Além de mais rápida, é mais sustentável face às técnicas tradicionais, já que reduz o uso de cimento.   


Broad Sustainable Building é a empresa que propôs construir, também na cidade de Changsha, o projeto "Sky City", que pretende ser o arranha-céus mais alto do mundo, com 220 pisos.


Contudo, esse projeto está atualmente paralisado devido a problemas relacionados com a aprovação oficial e dúvidas sobre a viabilidade económica ou a segurança do edifício.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.