sicnot

Perfil

Mundo

Desemprego sobe no Brasil e chega a 6,8 milhões de pessoas

O desemprego no Brasil subiu no trimestre terminado em janeiro deste ano e chegou a 6,8 milhões de pessoas, 200 mil a mais do que no trimestre anterior, divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

(Arquivo Lusa)

(Arquivo Lusa)

LUSA

A chamada taxa de desocupação, que mede o desemprego no Brasil, é medida levando-se em consideração as pessoas maiores de 14 anos que estão sem emprego e ativamente em busca de uma vaga, mas sem sucesso. 

A taxa média de desocupação chegou a 6,8% no trimestre entre novembro de 2014 e janeiro de 2015, e inverteu a tendência anterior de descida. A taxa foi maior do que a registada no mesmo semestre do ano anterior, de 6,4%, e do que a do trimestre imediatamente anterior (entre agosto e outubro de 2014), de 6,6%. 

O número de empregados no trimestre encerrado em janeiro somou 92,7 milhões de pessoas, e permaneceu estável em relação ao trimestre encerrado em outubro.


Lusa
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48