sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 62 número de mortes causadas pelas chuvas em Benguela

O número de mortes resultantes das forte chuvas que nos últimos dias caíram no município do Lobito, província de Benguela, passou de 47 para 62, informou o Serviço de Proteção Civil e Bombeiros local.

Arquivo

Arquivo

© Rafael Marchante / Reuters

Os dados avançados, pela agência noticiosa angolana, Angop, apontam para a morte de 35 crianças entre o total de óbitos.

As chuvas tiveram início por volta das 21:00 de quarta-feira e afetou sobretudo a zona alta da cidade do Lobito, com destaque para os bairros Alto Acongo, Vicongo, Bela Vista e Novo.

No seu despacho, a agência de notícias angolana avança que no Bairro Novo as águas das chuvas chagaram a atingir um caudal de até três metros, inundando e destruindo várias residências e acrescenta também que continuam as buscas de desaparecidos em pontos considerados críticos, levada a cabo por uma equipa de bombeiros e nadadores salvadores.

Também hoje, numa nota de imprensa da Casa Civil do Presidente da República, a que a agência Lusa teve acesso, refere que o chefe de Estado angolano orientou o Governo Provincial de Benguela no sentido de adotar medidas consentâneas nesse "momento difícil".

Segundo a nota, o Presidente José Eduardo dos Santos manifestou "bastante preocupação e tristeza" com a morte de dezenas de pessoas na província de Benguela.

Lusa
  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.