sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos em acidente de autocarro revisto de 55 para 49

As autoridades brasileiras reviram, esta madrugada, de 55 para 49 o número de mortes na sequência de um acidente com um autocarro, ocorrido no sábado, em Campo Alegre, no estado de Santa Catarina, no sul do país. 

googlemaps

Segundo o coordenador regional da Defesa Civil, Antonio Edival Pereira, 48 pessoas morreram no local do sinistro e outra no hospital, indica o jornal A Notícia.

Duas pessoas continuam encarceradas no interior do autocarro que seguia numa zona montanhosa, a 235 quilómetros de Florianópolis, quando se despistou e caiu de uma ribanceira com cerca de 400 metros.

As autoridades locais tinham informado anteriormente que 55 pessoas tinham perdido a vida no acidente do passado sábado.

Entre as vítimas mortais figuram oito crianças e 24 mulheres, indicou a porta-voz do governo regional Ana Paula Keller à agência AFP. 

Uma dezena de feridos foram transportados para vários hospitais da região, com múltiplas fraturas.

De acordo com o mesmo jornal, os passageiros pertenciam a uma comunidade evangélica que se dirigia para a cidade de Guaratuba, no estado do Paraná, para participar num ato religioso.

O acidente ocorreu numa curva fechada da Serra Dona Francisca, uma região turística do norte de Santa Catarina.

Nas operações de salvamento participam cerca de 100 pessoas, apoiadas por viaturas da polícia e bombeiros, bem como por um helicóptero.

LUSA
  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57