sicnot

Perfil

Mundo

Jovens britânicos que planeavam entrar na Síria já estão no Reino Unido

Os três jovens britânicos, detidos na Turquia, porque planeavam entrar na Síria, regressaram este sábado a casa. Estão detidos para interrogatório por suspeita de terrorismo.  

© Umit Bektas / Reuters

Mal pisaram o Reino Unido, os jovens foram detidos para interrogatório. São suspeitos de terrorismo, por alegadamente, quererem ingressar nas fileiras do grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI).  

A polícia britânica foi, sexta-feira passada, alertada pelos familiares de dois dos jovens de 17 anos, agora detidos. Os pais estranharam o facto dos rapazes não terem regressado a casa depois das orações. 

A unidade antiterrorista da polícia britânica foi informada de que existiam suspeitas sobre as intenções do grupo de viajar para a Síria e de integrar as fileiras do grupo extremista.

Um terceiro elemento, um rapaz de 19 anos, ter-se-à encontrado com os outros dois no aeroporto.

"Os agentes alertaram as autoridades turcas para intercetarem os três jovens e evitar a sua entrada na Síria", disse um porta-voz da polícia britânica, acrescentando que as autoridades estariam em contacto com as famílias dos adolescentes.

Os três rapazes britânicos (dois de 17 anos e outro de 19 anos), são oriundos da zona norte de Londres.

Esta detenção acontece poucas semanas depois de três adolescentes londrinas, de 15 e de 16 anos, terem fugido para a Turquia com a intenção de passar a fronteira síria, depois de terem sido presumivelmente recrutadas para o EI.

Com Lusa




  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.