sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 80 mortos em ataque de pastores contra agricultores na Nigéria

Pelo menos 80 pessoas morreram num ataque perpetrado no domingo por homens armados a comunidades agrárias do estado nigeriano de Bénoué, no centro da Nigéria, informaram hoje fontes parlamentares e policiais citadas pela agência noticiosa Efe.

Um balanço inicial divulgado no domingo dava conta de um total de 45 mortos. 

O ataque ocorreu na madrugada de domingo (05:00 locais e 04:00 em Lisboa), quando homens armados invadiram a comunidade Egba, segundo testemunhas citadas pela imprensa local. 

Os confrontos entre pastores nómadas e agricultores pela exploração de recursos são frequentes no centro da Nigéria. 

Um deputado pela circunscrição de Agatu, Alhaji Sule Audu, disse aos jornalistas: "Chegaram centenas de atacantes. Até agora foram recuperados 80 cadáveres".

Segundo Sule, moradores em fuga refugiram-se em Ogbalu e Obagaji, sede do governo local de Agatu, enquanto outros continuam deslocados.

Há mais de uma década, os confrontos relacionados com a ocupação da terra são frequentes entre criadores de gado muçulmanos 'fulani' e comunidades cristãs, nomeadamente no centro da Nigéria, país dividido entre um norte de maioria muçulmana e um sul de maioritárimente cristão.

A violência entre comunidades de agricultores e criadores de gado causaram dez mil mortos nos últimos 20 anos, no centro do país, de acordo com estimativas de organizações de defesa dos direitos humanos, como a Human Rights Watch. 

Os criadores de gado queixam-se há vários anos de estarem a perder terras para a agriculturas, afirmando serem vítimas de uma discriminação sistemática. 

Os conflitos diferem de estado para estado e ganham uma perspetiva religiosa nas regiões onde os agricultores são maioritariamente cristãos. 

 

Lusa
  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.