sicnot

Perfil

Mundo

Presidente de Vanuatu pede ajuda mundial para reconstruir "tudo"

O Presidente de Vanuatu disse hoje que a nação insular precisa da ajuda do mundo para reconstruir "tudo", dias depois de ter sido atingida pelo maior ciclone registado até à data. 

AP

"A necessidade de ajuda humanitária é imediata, precisamos dela agora", disse Baldwin Lonsdale à AFP, quando se preparava para voltar para casa depois de ter participado na III Conferência Mundial das Nações Unidas sobre a Redução de Riscos de Desastres, no Japão. 

"A longo prazo precisamos de apoio financeiro, de assistência, para começar a reconstruir as nossas infraestruturas - temos de construir tudo", afirmou. 

O ciclone Pam atingiu o pico de intensidade na sexta-feira à noite, registando ventos, em média, entre 250 e 270 quilómetros por hora (km/hora). Na capital, Port Vila, o ciclone tropical chegou a atingir rajadas de 340 km/hora.

O arquipélago de Vanuatu, composto por mais de 80 ilhas que se estendem entre as ilhas Fiji e a Nova Caledónia, é um dos países mais pobres do mundo, sendo igualmente um reconhecido paraíso fiscal.

 
Lusa
  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.