sicnot

Perfil

Mundo

Indonésia encerra buscas pelos 56 desaparecidos no acidente de avião da AirAsia

A Indonésia decidiu pôr hoje fim às buscas pelas vítimas do acidente do avião da AirAsia, ocorrido em dezembro de 2014, apesar de 56 pessoas nunca terem sido encontradas.

© Darren Whiteside / Reuters

A 28 de dezembro, o voo QZ8501, com 162 pessoas a bordo, fazia uma curta viagem entre a cidade indonésia de Surabaya e Singapura tendo apanhado mau tempo e caído no Mar de Java, o que desencadeou uma busca internacional, com navios e aeronaves de vários países a envidar esforços para encontrar destroços do avião, um Airbus A320-200, e as vítimas. 

Nas últimas semanas, a busca sofreu um recuo assinalável, com a retirada de navios estrangeiros e de militares indonésios, que tinham facultado a maior parte do pessoal e do equipamento.

As equipas da agência civil de busca e salvamento da Indonésia prosseguiram a busca, embora numa escala menor, e encontraram mais alguns corpos e restos do Airbus, mas a coordenação decidiu que os esforços iam "terminar completamente" hoje, devendo os quatro navios ainda envolvidos no processo regressar a Jacarta na quarta-feira.

Ao todo, foram recuperados os corpos de 106 ocupantes do avião, permanecendo 56 por encontrar, mas Tony Fernandes, responsável pela AirAsia, companhia aérea de baixo custo da Malásia, considerou, citado pela agência AFP, que a operação foi "bem-sucedida" mas "não podia durar para sempre", tendo o fim das buscas sido determinado "com o acordo das famílias das vítimas".

Até agora, o Comité de Segurança dos Transportes da Indonésia lançou pouca luz sobre as causas do acidente ou o que ocorreu nos momentos antes da tragédia, sabendo-se apenas que a queda do aparelho foi rápida e que, momentos antes, o copiloto estava aos comandos do avião, em lugar do piloto, mais experiente.

Lusa

  • Dois em cada três idosos em Portugal são sedentários

    País

    É a camada da população mais inativa e com comportamentos que revelam um estilo de vida menos saudável, segundo um estudo divulgado hoje, que analisou os dados de mais de 10.600 portugueses representativos da população, entre os quais mais de 2.300 pessoas com mais de 65 anos.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".