sicnot

Perfil

Mundo

Mulher, erradamente acusada de matar uma criança, linchada por multidão na África do Sul

Uma mulher zimbabueana, erradamente acusada de matar uma criança, foi linchada por uma multidão em fúria no bairro degradado perto de Pretória, capital da África do Sul, informaram esta terça-feira as autoridades locais.

O incidente, noticiado hoje, aconteceu na sexta-feira, após dias de tensão no bairro de Laudium, em resultado da morte de um rapaz de oito anos. (Arquivo)

O incidente, noticiado hoje, aconteceu na sexta-feira, após dias de tensão no bairro de Laudium, em resultado da morte de um rapaz de oito anos. (Arquivo)

© Adrees Latif / Reuters

A mulher foi queimada viva, enquanto um homem, também de origem zimbabueana, conseguiu escapar, depois da intervenção da polícia.

O incidente, noticiado hoje, aconteceu na sexta-feira, após dias de tensão no bairro de Laudium, em resultado da morte de um rapaz de oito anos.

Apesar de o rapaz ter morrido eletrocutado, os habitantes locais acusaram o casal de zimbabueanos de bruxaria e cerca de 500 pessoas perseguiram-nos para os lincharem.

"A mulher morreu depois de ser queimada viva por uma multidão, o homem foi salvo pela polícia e levado para o hospital, de onde teve alta na segunda-feira à noite", disse à agência francesa AFP o porta-voz da polícia local, Katlego Mogale.

Três pessoas foram detidas no âmbito da investigação ao assassínio da mulher, mas são apenas acusadas de violência pública, porque "é preciso mais informação" para as acusar de linchamento, reconheceu o porta-voz policial.

Reforços policiais foram enviados para a zona, depois de outra multidão em fúria ter atacado a esquadra da polícia local, no domingo à noite, exigindo a libertação dos três detidos.
Lusa
  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04

    País

    Especialistas de mais de 20 países na área das doenças neurodegenerativas estão reunidos esta semana na Fundação Champalimaud, em Lisboa. A cimeira, realizada em parceria com a Fundação Rainha Sofia, de Espanha, é dedicada aos progressos na investigação e nos cuidados de saúde em doenças como o Alzheimer. As demências efetam 50 milhões de pessoas em todo o mundo, número que deverá triplicar em 2050.

  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31