sicnot

Perfil

Mundo

Primeiro-ministro israelita reivindica vitória nas Legislativas

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, reivindicou esta terça-feira uma "grande vitória" nas Legislativas, depois de sondagens à boca das urnas darem um empate técnico com a lista de centro-esquerda União Sionista.

A festa dos apoiantes do partido liderado pelo primeiro-ministro israelita.

A festa dos apoiantes do partido liderado pelo primeiro-ministro israelita.

© Nir Elias / Reuters

"Contra todas as probabilidades: Uma grande vitória para o Likud, uma grande vitória para o povo de Israel", escreveu Benjamim Netanyahu na sua conta no Twitter.

Mais de cinco milhões de israelitas votaram hoje nas legislativas antecipadas em Israel para decidir se o atual primeiro-ministro continua ou não na chefia do Governo, e escolher 120 deputados.

Segundo as sondagens realizadas à boca das urnas e divulgadas pela imprensa, o partido de direita do primeiro-ministro israelita, Benjamim Netanyahu, e a lista de centro-esquerda do trabalhista Isaac Herzog estão com um empate técnico, com 27 lugares, cada um, no parlamento.

A Lista Árabe Comum, coligação de quatro partidos que representam a minoria árabe de Israel, converteu-se na terceira força política no parlamento, com a possibilidade de alcançar entre 12 e 13 lugares, segundo as mesmas sondagens.

A coligação árabe poderá ter um peso considerável na próxima legislatura, mas os analistas descartaram qualquer possibilidade de que façam parte do próximo Governo israelita.
Lusa
  • Sondagens dão empate técnico nas Legislativas israelitas

    Mundo

    O partido do primeiro-ministro israelita, Benjamim Netanyahu, e os seus rivais de centro-esquerda estão empatados, referem sondagens divulgadas esta terça-feira depois de encerradas as urnas para as Legislativas, que dão o terceiro lugar à coligação dos partidos árabes.

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35