sicnot

Perfil

Mundo

Governo de Dilma Rousseff com o índice de popularidade mais baixo desde 1992

O Governo de Dilma Rousseff foi avaliado positivamente por apenas 13% dos entrevistados numa pesquisa de opinião, sendo o menor índice de aprovação a um Executivo desde setembro de 1992, divulgou esta quarta-feira a imprensa brasileira.

De acordo com o sítio eletrónico de notícias G1, a pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datafolha revelou que o de eleitores que avaliaram o Governo de Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores/PT) como "ruim" ou "péssimo" é de 62 por cento. (Arquivo)

De acordo com o sítio eletrónico de notícias G1, a pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datafolha revelou que o de eleitores que avaliaram o Governo de Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores/PT) como "ruim" ou "péssimo" é de 62 por cento. (Arquivo)

© Ueslei Marcelino / Reuters

De acordo com o sítio eletrónico de notícias G1, a pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datafolha revelou que o de eleitores que avaliaram o Governo de Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores/PT) como "ruim" ou "péssimo" é de 62 por cento.

O resultado da pesquisa de avaliação do Governo de Dilma feita neste mês é de "ótimo/bom" para 13 por cento dos entrevistados; "regular" para 24 por cento, e "ruim" e "péssimo" para 62% dos ouvidos pelo Datafolha. 

A pesquisa ouviu 2.842 pessoas em 172 municípios entre segunda-feira e terça-feira, nos dias posteriores às manifestações de domingo registadas em todo o país. 

A margem de erro do estudo de opinião é de 2 pontos porcentuais.

A pesquisa anterior divulgada pelo instituto, a 7 de fevereiro, apontava que Dilma tinha avaliação positiva de 23 por cento dos entrevistados. 

À época, outros 44 por cento disseram que o Governo da Presidente brasileira era "ruim" ou "péssimo".

De acordo com o Datafolha, esta é a mais alta taxa de reprovação de um Presidente da República desde setembro de 1992, à véspera do impeachment (destituição) do então Presidente Fernando Collor de Mello. 

Na ocasião, pouco antes de ser afastado do Palácio do Planalto, a reprovação de Collor era de 68 por cento, sublinhou o instituto de pesquisa.

A pesquisa do Datafolha mostra ainda que 9 por cento dos entrevistados consideram "bom" ou "ótimo" o desempenho de senadores e deputados no Congresso Nacional. Outros 50 por cento acreditam que a atuação dos parlamentares é "ruim" ou "péssima".
Lusa
  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.