sicnot

Perfil

Mundo

Governo de Dilma Rousseff com o índice de popularidade mais baixo desde 1992

O Governo de Dilma Rousseff foi avaliado positivamente por apenas 13% dos entrevistados numa pesquisa de opinião, sendo o menor índice de aprovação a um Executivo desde setembro de 1992, divulgou esta quarta-feira a imprensa brasileira.

De acordo com o sítio eletrónico de notícias G1, a pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datafolha revelou que o de eleitores que avaliaram o Governo de Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores/PT) como "ruim" ou "péssimo" é de 62 por cento. (Arquivo)

De acordo com o sítio eletrónico de notícias G1, a pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datafolha revelou que o de eleitores que avaliaram o Governo de Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores/PT) como "ruim" ou "péssimo" é de 62 por cento. (Arquivo)

© Ueslei Marcelino / Reuters

De acordo com o sítio eletrónico de notícias G1, a pesquisa de opinião realizada pelo instituto Datafolha revelou que o de eleitores que avaliaram o Governo de Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores/PT) como "ruim" ou "péssimo" é de 62 por cento.

O resultado da pesquisa de avaliação do Governo de Dilma feita neste mês é de "ótimo/bom" para 13 por cento dos entrevistados; "regular" para 24 por cento, e "ruim" e "péssimo" para 62% dos ouvidos pelo Datafolha. 

A pesquisa ouviu 2.842 pessoas em 172 municípios entre segunda-feira e terça-feira, nos dias posteriores às manifestações de domingo registadas em todo o país. 

A margem de erro do estudo de opinião é de 2 pontos porcentuais.

A pesquisa anterior divulgada pelo instituto, a 7 de fevereiro, apontava que Dilma tinha avaliação positiva de 23 por cento dos entrevistados. 

À época, outros 44 por cento disseram que o Governo da Presidente brasileira era "ruim" ou "péssimo".

De acordo com o Datafolha, esta é a mais alta taxa de reprovação de um Presidente da República desde setembro de 1992, à véspera do impeachment (destituição) do então Presidente Fernando Collor de Mello. 

Na ocasião, pouco antes de ser afastado do Palácio do Planalto, a reprovação de Collor era de 68 por cento, sublinhou o instituto de pesquisa.

A pesquisa do Datafolha mostra ainda que 9 por cento dos entrevistados consideram "bom" ou "ótimo" o desempenho de senadores e deputados no Congresso Nacional. Outros 50 por cento acreditam que a atuação dos parlamentares é "ruim" ou "péssima".
Lusa
  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.