sicnot

Perfil

Mundo

Netanyahu com clara liderança nas legislativas, após apurados 96% dos votos

© Amir Cohen / Reuters

De acordo com a rádio pública israelita, citada pela AFP, o partido Likud, de Netanyahu, levava um avanço de cinco lugares no parlamento em relação ao seu principal rival, a lista de centro-esquerda União Sionista, do trabalhista Isaac Herzog.

O Likud obtinha 29 dos 120 assentos do parlamento, contra 24 lugares alcançados pela União Sionista, informou a rádio pública com base nos resultados preliminares.

Em percentagem de voto, a comissão eleitoral anunciou que o Likud tinha alcançado um pouco mais de 23% e a União Sionista um pouco menos de 19%.

Contrariando as previsões antes da eleição, Netanyahu, que reivindicou a vitória na terça-feira à noite, parece em boa posição para formar o próximo governo e obter o terceiro mandato consecutivo, ou quarto mandato incluindo o período 1996-1999.

"Contra todas as probabilidades, assinámos uma grande vitória para o campo nacional liderado pelo Likud", afirmou perante os seus apoiantes em Telavive. Agora, "temos de construir um governo forte e estável", acrescentou.

"Tudo está aberto", disse Herzog, ao mesmo tempo em frente aos seus seguidores, também em Telavive. "Vou fazer tudo o possível para construir um verdadeiro governo social em Israel", afirmou.



Lusa


  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras