sicnot

Perfil

Mundo

Reino Unido vai criar maior área mundial de proteção marinha no Oceano Pacífico

O Reino Unido anunciou hoje que vai criar uma zona de proteção marinha no Oceano Pacífico, com um tamanho equivalente à soma das áreas de França e da Alemanha, o que a torna a maior do género.

© Jason Reed / Reuters

A reserva vai ser criada em torno do arquipélago das Ilhas Pitcairn, um território ultramarino britânico que é habitado pelos descendentes dos marinheiros que fizeram o famoso motim no navio Bounty, em 1789.

"O governo tenciona avançar com a designação de uma APM (Área de Proteção Marinha) em torno de Pitcairn", está escrito no projeto de orçamento para 2015 apresentado pelo ministro das Finanças, George Osborne, no parlamento.

Mas o governo adiantou que uma decisão final iria depender de acordos para a monitorização por satélite de uma vasta área, para impedir descargas de pescado ilegal, e de patrulhas navais. 

A organização não-governamental dos EUA que liderou a campanha para a criação da reserva, a Pew Charitable Trusts, adiantou que a área teria uma extensão de 834.334 quilómetros quadrados. 

No seu interior, alberga pelo menos 1.249 espécies de mamíferos marinhos, pássaros e peixes e inclui a planta que vive à maior profundidade conhecida, uma alga marinha que já foi descoberta a uma profundidade de 382 metros. 

"A nova reserva protege alguns dos 'habitats' oceânicos mais antigos na Terra", destacou a Pew, em comunicado. 

Em 2013, a Pew, a National Geographic e um órgão eleito local neste remoto arquipélago, o Conselho da Ilha Pitcairn, apresentaram uma proposta para a criação da reserva. 

"A Reserva Marinha das Ilhas Pitcairn vai criar um refúgio no oceano virgem para proteger e conservar uma vida marinha rica", disse Matt Rand, diretor do projeto Herança do Oceano Global, desenvolvido pela Pew. 

Pitcairn foi colonizada em 1789 pelos amotinados do navio britânico Bounty, que deixaram o capitão da embarcação, William Bligh, à deriva no Pacífico Sul. 

Muitas das famílias dos amotinados mudaram-se entretanto de Pitcairn, uma ilha com cinco quilómetros quadrados entre a Nova Zelândia e o Chile, para a ilha maior de Norfolk, em 1856. 

Enric Sala, um explorador da National Geographic, que integrou uma expedição científica que visitou as ilhas, disse que a decisão "vai proteger a verdadeira dádiva (um dos significados de 'bounty') das Ilhas Pitcairn, uma grande quantidade de vida marinha única nos envolventes e prístinos mares". 

Lusa
  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto "Obrigado presidente pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou com o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido às mensagens escritas por Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória do Sporting frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17