sicnot

Perfil

Mundo

Turistas alemães pagam a sua parte da dívida à Grécia por danos da II Guerra Mundial

Um casal de turistas alemães recebeu esta quarta-feira as honras da imprensa grega depois de depositar numa prefeitura de Peloponense um cheque de 857 euros referente à "sua" parte da dívida alemã de guerra com a Grécia.

As autoridades da Grécia, país que tem uma dívida externa de 175% do seu Produto Interno Bruto, têm reclamado que a Alemanha nunca pagou as reparações de guerra e nem o empréstimo forçado em 1942. (Arquivo)

As autoridades da Grécia, país que tem uma dívida externa de 175% do seu Produto Interno Bruto, têm reclamado que a Alemanha nunca pagou as reparações de guerra e nem o empréstimo forçado em 1942. (Arquivo)

© Yannis Behrakis / Reuters

"Eles vieram ao meu escritório ontem (terça-feira) de manhã para dizer que queriam compensar a atitude do seu Governo, que tinham feito o cálculo da dívida dos alemães para o empréstimo imposto à Grécia durante a Segunda Guerra Mundial", afirmou o prefeito de Náuplia, Nafplion Dimitris Kotsouros.

O autarca disse que os dois alemães calcularam a dívida em 875 dólares.

"O casal escolheu Náuplia simbolicamente, por ter sido a primeira capital da Grécia, no século XIX", disse o prefeito, acrescentando que o dinheiro foi para uma associação de ajuda comunitária a pessoas necessitadas.

As autoridades da Grécia, país que tem uma dívida externa de 175% do seu Produto Interno Bruto, têm reclamado que a Alemanha nunca pagou as reparações de guerra e nem o empréstimo forçado em 1942.

O montante de reparações reclamadas pelos gregos é de 162 milhares de milhões de euros, mais ou menos metade da dívida do país, segundo os dados que circulam em Atenas.

O empréstimo forçado durante a ocupação Nazi foi de 11 mil milhões de euros.
Lusa
  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.