sicnot

Perfil

Mundo

Amazónia já perdeu muita capacidade de absorver gases com efeito de estufa

A floresta tropical da Amazónia já perdeu muita da sua capacidade de absorver os gases com efeito de estufa causadores das alterações climáticas, informaram cientistas na quarta-feira.

© STRINGER Brazil / Reuters

Nos anos 1990, esta grande floresta foi capaz de absorver tanto quanto dois mil milhões de toneladas de dióxido de carbono em cada ano, adiantaram, em artigo publicado na revista Nature.

Agora, esta capacidade foi reduzida a metade e pela primeira vez foi superada pelas emissões resultantes da queima de combustíveis fósseis na América Latina.

A conclusão resulta de um estudo, feito ao longo de 30 anos, que juntou quase uma centena de investigadores a trabalhar em oito países.

A investigação decorreu em 321 pontos na floresta, nos quais foram medidas 200 mil árvores, bem como as mortes e os crescimentos das novas.

Os cientistas detetaram um crescimento preocupante na taxa da mortalidade das árvores através da Amazónia.

"As taxas de mortalidade das árvores aumentaram mais de um terço desde meados dos anos 1980, o que está a afetar a capacidade da Amazónia de armazenar carbono", disse Roel Brienen, da Universidade de Leeds, no norte do Reino Unido, que está a liderar a investigação.

Lusa

  • Resgatada mais uma criança com vida após sismo em Itália
    0:30
  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40