sicnot

Perfil

Mundo

Paris restringe trânsito e torna transporte público gratuito por um dia

A presidente da Câmara de Paris exortou as autoridades francesas a autorizarem a restrição de um em cada dois automóveis que entram na capital e tornar o transporte público gratuito na sexta-feira para reduzir a poluição.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

Anne Hidalgo pediu ao governo parisiense para a deixar adotar medidas restritivas no tráfego rodoviário na sexta-feira em Paris e nas regiões suburbanas devido à elevada poluição ambiental.

Na quarta-feira, a concentração de partículas potencialmente perigosas no ar passou ultrapassou o máximo recomendado, pressionando as autoridades a adotarem a medida restritiva.

Uma medida similar foi adotada no dia 17 de março do ano passado por Paris, quando a França registou elevados níveis de poluição atmosférica.

As autoridades parisienses consideram que a limitação da circulação de automóveis e o uso gratuito dos transportes públicos por um dia poderá encorajar os automobilistas a não usarem os seus veículos e reduzir a forte poluição que a capital francesa tem enfrentado.

Na França, o limite de alerta é desencadeado quando há mais de 80 microgramas de partículas de 10 microns (PM10, unidade que corresponde à milésima parte do milímetro) por metro cúbico, que determina os níveis de poluição.

A média anual de Paris é de 38 mcg/m3.

As partículas com menos de 2,5 microns de diâmetro são também as mais perigosas para a saúde, porque podem penetrar profundamente nos pulmões e no sistema sanguíneo, podendo causar asma, alergias e problemas respiratórios.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera 20 mcg/m3 como limite seguro, mas são poucas as grandes cidades com uma média anual dentro dos limites preconizados pela agência da ONU, que descreve a poluição com um dos principais problemas para a saúde.

Lusa

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.