sicnot

Perfil

Mundo

Portuguesa que morreu em queda de avião no Uruguai vivia na Argentina

Portuguesa que morreu em queda de avião no Uruguai vivia na Argentina

Uma portuguesa morreu na queda de um avião argentino no uruguai. A mulher, que vivia na Argentina, foi uma das dez vítimas mortais do acidente. A aeronave é propriedade de uma empresa Argentina e caiu por volta da meia-noite, hora de Lisboa, num lago na região de Punta Del Este. A bordo seguiam oito passageiros e dois tripulantes.

A cidadã portuguesa que morreu hoje num acidente de avião no Uruguai encontrava-se a viver na Argentina, disse à agência Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

A mesma fonte acrescentou que o MNE está a acompanhar o caso, através da Embaixada de Portugal em Montevideu, e que a família da vítima já foi contactada.

A fonte do MNE português não avançou com mais detalhes.

Uma portuguesa e nove argentinos morreram na sequência da queda de um avião, após a descolagem no leste do Uruguai, informou a Força Aérea daquele país, em comunicado.

Segundo informação da agência Efe, a mulher portuguesa era uma das ocupantes de um pequeno avião, identificado como um Beechcraft B90 King Air, no qual seguiam oito passageiros e dois tripulantes. 

Os dois pilotos tinham 45 e 49 anos, e os oito passageiros -- seis homens e duas mulheres -- uma delas portuguesa -- entre 41 e 58 anos.

  Pouco tempo depois de descolar, o avião caiu à água na Laguna del Sauce, a um metro de profundidade, tendo-se incendiado de seguida. 

"Infelizmente não há sobreviventes", refere o comunicado. 

O acidente ocorreu perto de Punta del Este.


Com Lusa
  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.