sicnot

Perfil

Mundo

Vala comum com centenas de corpos descoberta na Nigéria

Uma vala comum com uma "centena de corpos" foi descoberta no nordeste da Nigéria, disse esta sexta-feira o porta-voz do exército do Chade, coronel Azem Bermandoa Agouna, acusando o grupo extremista Boko Haram de estar na origem da "matança".

"Os corpos foram encontrados espalhados por baixo de uma ponte" à saída da cidade de Damasak, próxima da fronteira com o Níger, disse o coronel, que visitou o local, descoberto por soldados chadianos. (Arquivo)

"Os corpos foram encontrados espalhados por baixo de uma ponte" à saída da cidade de Damasak, próxima da fronteira com o Níger, disse o coronel, que visitou o local, descoberto por soldados chadianos. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Os corpos foram encontrados espalhados por baixo de uma ponte" à saída da cidade de Damasak, próxima da fronteira com o Níger, disse o coronel, que visitou o local, descoberto por soldados chadianos.

Segundo o coronel, os corpos estavam decapitados, com as "cabeças para um lado e os corpos para o outro".

 O militar precisou que a maior parte das pessoas foram mortas por tiros de balas.

"A matança ocorreu há cerca de dois meses e é obra do Boko Haram", disse.

As forças armadas nigerianas e do Chade lançaram no passado dia 08 uma vasta operação conjunta terrestre e aérea na Nigéria contra aquele grupo terrorista.

O grupo de Boko Haram quer instaurar um califado no norte da Nigéria, maioritariamente muçulmano, ao contrário do sul, de maioria cristã.

O Chade, que já apelou à formação de uma coligação de países da região contra o grupo extremista, enviou um contingente militar para os Camarões, país que faz fronteira com a Nigéria, para ajudar a combater os ataques do Boko Haram.

A violência da insurreição do Boko Haram e da sua repressão pelas forças armadas nigerianas já causaram mais de 13 mil mortes desde 2009 e perto de 1,5 milhões de refugiados e deslocados.
Lusa
  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.