sicnot

Perfil

Mundo

Bruxelas alerta para bactéria que mata as oliveiras

O comissário europeu para a Saúde, Vytenis Andriukaitis, defendeu hoje uma "vigilância absoluta" para evitar a propagação da 'xylella fastidiosa', uma bactéria mortal para as oliveiras que surgiu no sul de Itália.

© Zoubeir Souissi / Reuters

Vytenis Andriukaitis anunciou que vai deslocar-se "muito em breve a Itália" para examinar a eficácia das medidas para conter essa praga, que surgiu em outubro de 2013, que ameaça também a vinha e os citrinos, e para fazer um balanço da situação junto dos agricultores.

A União Europeia "segue de perto" a situação e "incentiva uma abordagem de precaução", através da erradicação das árvores afetadas, disse o comissário perante a Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu.

Contudo, de acordo com Bruxelas, a Itália, que identificou uma área de 241.000 hectares em situação grave na região meridional de Apúlia, tem deixado deteriorar a situação.

O Comité Fitossanitário Permanente da União Europeia deve ponderar a aplicação de novas medidas na sua próxima reunião, a 26 e 27 de março, num momento em que França, Espanha e Portugal exigem regras mais duras para a prevenção.

Na província de Lecce, na Apúlia, as análises realizadas até agora "sugerem que pelo menos 10%" das cerca de 11 milhões de oliveiras ali existentes estão afetadas, revelou o comissário, segundo o qual, sob o ataque da bactéria, para o qual não há ainda cura, as árvores murcham, podendo as vinhas e as árvores de citrinos europeias tornar-se "hospedeiras" do parasita.

Os avisos colidem, porém, com a resistência italiana ao abate de oliveiras centenárias e, numa carta enviada ao comissário europeu para a Saúde, a associação eco-pacifista Peacelink cita estudos científicos que apontam outros fatores envolvidos na devastação dos olivais e alerta que "a Comissão Europeia corre o risco de condenar à morte todo o ecossistema da Apúlia" com base em estudos errados.


Lusa
  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".