sicnot

Perfil

Mundo

Manifestante em topless perseguida no Parlamento canadiano

Uma mulher em 'topless' enfureceu-se esta segunda-feira contra uma proposta de lei anti-terror no parlamento do Canadá, alegando que esta vai infringir os direitos civis.

Os trabalhos foram suspensos brevemente, devido ao tumulto, e a manifestante foi detida sob acusação de indecência, estando proibida de voltar ao parlamento durante um ano. (Arquivo)

Os trabalhos foram suspensos brevemente, devido ao tumulto, e a manifestante foi detida sob acusação de indecência, estando proibida de voltar ao parlamento durante um ano. (Arquivo)

© Chris Wattie / Reuters

A mulher, que faz parte de um grupo feminista com sede em Paris, o Femen, foi perseguida por agentes de segurança ao longo da galeria pública da Câmara dos Comuns após tirar o top que vestia, tendo gritado que a lei anti-terror era uma "guerra contra a liberdade".

Os trabalhos foram suspensos brevemente, devido ao tumulto, e a manifestante foi detida sob acusação de indecência, estando proibida de voltar ao parlamento durante um ano.

Na sua página de Facebook, o grupo francês Femen afirmou que a proposta C-51 vai infringir a liberdade de expressão dos canadianos e interferir com outros direitos, tendo as suas preocupações com um eventual abuso por parte das autoridades obtido eco junto de ativistas ambientais, indígenas, quatro ex-primeiros ministros, entre outros.

O governo insiste em que as medidas visam apenas "terroristas", surgindo na sequência dos incidentes de 22 de outubro, em que um atirador solitário matou um soldado de sentinela ao Memorial Nacional da Guerra e depois atacou o parlamento, onde disparou vários tiros.

O mais provável é que a lei seja votada antes da pausa de verão dos deputados, no final de junho.
Lusa
  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.