sicnot

Perfil

Mundo

Obama apela aos nigerianos para votarem com tranquilidade no sábado

O presidente norte-americano, Barack Obama, apelou hoje aos nigerianos para votarem com tranquilidade nas eleições presidenciais e legislativas de sábado e não seguirem "aqueles que apelam à violência".

© Kevin Lamarque / Reuters

"Todos os nigerianos devem poder votar sem intimidação ou medo", sublinhou Obama numa mensagem vídeo divulgada a uma semana das eleições no país mais populoso de África, minado pelo aumento da violência dos radicais islâmicos do movimento Boko Haram no nordeste. 

"Vocês têm uma oportunidade histórica para escrever um novo capítulo da história da Nigéria, votando nas próximas eleições", adiantou. 

No início do mês passado, Washington exprimiu deceção face ao anúncio do adiamento das eleições, inicialmente previstas para 14 de fevereiro.

Para o presidente norte-americano, eleições bem-sucedidas são indispensáveis para que o país possa responder aos desafios que se lhe apresentam, em primeiro lugar dos quais está a luta contra o Boko Haram, "grupo terrorista cruel que mata homens, mulheres e crianças inocentes".

"O Boko Haram quer destruir a Nigéria e tudo o que construíram. Indo às urnas, podem contribuir para proteger os progressos do país", defendeu.

Obama assegurou que os Estados Unidos continuarão a ser um "amigo e parceiro" da primeira potência económica do continente africano nos seus esforços para desenvolver a segurança, a prosperidade e os direitos humanos.

À frente da Nigéria desde 2010, Goodluck Jonathan, de 57 anos, terá como principal adversário Muhammadu Buhari, de 72 anos, um general na reforma que esteve no poder entre 1983 e 1985, na altura dos regimes militares.









Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.