sicnot

Perfil

Mundo

Tripulação da Germanwings não enviou sinal de socorro

O Airbus A320 da companhia alemã Germanwings que se despenhou hoje com 150 pessoas a bordo nos Alpes franceses caiu numa zona "de neve, inacessível" a veículos, disse o secretário de Estado dos Transportes francês, Alian Vidalies.

"O avião despenhou-se no maciço de Estrop. É uma zona de neve, inacessível para veículos, mas que pôde ser sobrevoada por helicópteros", disse Vidalies.


Segundo o responsável, "as condições meteorológicas não eram especialmente más" no momento do acidente e o avião não era especialmente antigo.


O avião, que fazia a ligação entre Barcelona (Espanha) e Düsseldorf (Alemanha), despenhou-se perto da localidade de Barcelonnette, na região de Digne-les-Bains, no sul de França.


Segundo o secretário de Estado, os helicópteros que sobrevoaram o local conseguiram detetar restos da fuselagem e "alguns corpos".


Vidalies tinha confirmado anteriormente que "não há nenhum sobrevivente" do acidente.


Depois de as informações iniciais darem conta da presença a bordo de 148 pessoas, 142 passageiros e seis tripulantes, o presidente da companhia, Olivier Wagner, disse à televisão alemã n-tv que havia a bordo 150 pessoas, 144 passageiros e seis tripulantes.

Lusa



  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela. 

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28