sicnot

Perfil

Mundo

Interpol vai colaborar na investigação ao acidente nos Alpes

A Interpol anunciou hoje que vai colaborar com uma equipa na investigação ao acidente de terça-feira nos Alpes franceses com um avião da Germanwings que provocou 150 mortos, após um pedido das autoridades francesas. 

© Emmanuel Foudrot / Reuters

A equipa da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) fica instalada em Paris e incluirá de início quatro investigadores, que vão colaborar na identificação das vítimas e na recolha de material destinado ao processo, informou a organização em comunicado.  

O secretário-geral, Jürgen Stock, indicou que a Interpol está sempre disponível para fornecer todo o género de ajuda após um pedido dos países afetados.   

"Com vítimas em todo o mundo, a cooperação internacional é essencial para garantir uma recuperação e identificação cuidadosa, digna e rápida", indicou o mesmo responsável, que também dirigiu condolências aos familiares das vítimas de 15 nacionalidades diferentes, sobretudo alemães e espanhóis. 

Os procedimentos do organismo incluem-se nos padrões globais para proceder a este género de identificações e "demonstraram a sua eficácia" em desastres como o 'tsunami' que atingiu o sudeste asiático em 2004 ou o acidente no oceano Atlântico em 2009 com um avião da Air France que fazia a ligação entre o Rio de Janeiro e Paris.  

O responsável da Interpol assegurou que vai ser efetuada uma recolha estruturada das informações no terreno e uma comparação de elementos, incluindo impressões digitais, fichas dentárias ou amostras genéticas, com bases de dados.  

Lusa
  • Jovem que morreu numa estância de esqui em Espanha sofreu um aneurisma
    1:26
  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira