sicnot

Perfil

Mundo

Interpol vai colaborar na investigação ao acidente nos Alpes

A Interpol anunciou hoje que vai colaborar com uma equipa na investigação ao acidente de terça-feira nos Alpes franceses com um avião da Germanwings que provocou 150 mortos, após um pedido das autoridades francesas. 

© Emmanuel Foudrot / Reuters

A equipa da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) fica instalada em Paris e incluirá de início quatro investigadores, que vão colaborar na identificação das vítimas e na recolha de material destinado ao processo, informou a organização em comunicado.  

O secretário-geral, Jürgen Stock, indicou que a Interpol está sempre disponível para fornecer todo o género de ajuda após um pedido dos países afetados.   

"Com vítimas em todo o mundo, a cooperação internacional é essencial para garantir uma recuperação e identificação cuidadosa, digna e rápida", indicou o mesmo responsável, que também dirigiu condolências aos familiares das vítimas de 15 nacionalidades diferentes, sobretudo alemães e espanhóis. 

Os procedimentos do organismo incluem-se nos padrões globais para proceder a este género de identificações e "demonstraram a sua eficácia" em desastres como o 'tsunami' que atingiu o sudeste asiático em 2004 ou o acidente no oceano Atlântico em 2009 com um avião da Air France que fazia a ligação entre o Rio de Janeiro e Paris.  

O responsável da Interpol assegurou que vai ser efetuada uma recolha estruturada das informações no terreno e uma comparação de elementos, incluindo impressões digitais, fichas dentárias ou amostras genéticas, com bases de dados.  

Lusa
  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.