sicnot

Perfil

Mundo

Polícia Federal brasileira faz operação contra suspeitos de fraude milionária ao fisco

A Polícia Federal brasileira realiza hoje uma operação para desarticular um grupo suspeito de fraude de até 19 mil milhões de reais (5.455 milhões de euros) na Receita Federal, através de manipulações de processos.

© Nacho Doce / Reuters

O grupo atuava no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF) e, segundo a Polícia Federal, alterava o resultado de trâmites e julgamentos, o que resultava em milhões de reais economizados pelas empresas acusadas de irregularidades, que não foram pagos à União. 

Até ao momento, as investigações identificaram prejuízos de quase 6.000 milhões de reais (1.722 milhões de euros), mas suspeita-se que a fraude possa ter chegado aos 19 mil milhões de reais (5.455 milhões de euros). 

A investigação do crime, que começou em 2013, identificou que o grupo atuava no CARF para defender interesses de empresas, com estratégias para corromper e influenciar conselheiros com o objetivo de diminuir os valores das coimas ou de as anular. 

Funcionários públicos passavam informações obtidas no conselho para escritórios que assessoravam as empresas em Brasília, São Paulo, Ceará e outros estados, segundo a polícia. Empresas intermediárias eram utilizadas para branquear o capital, que voltava aos empresários autuados, como se fosse património regular. 

A operação, feita em conjunto com o Ministério Público federal, a Corregedoria do Ministério da Fazenda e a Receita Federal, conta com a participação de 180 polícias e 55 fiscais do fisco, que cumprem 41 mandados de busca e apreensão. 

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de corrupção passiva e ativa, associação criminosa, branqueamento de capitais e tráfico de influências. 

Lusa
  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.