sicnot

Perfil

Mundo

Um dos pilotos do A320 não estava no cockpit no momento do acidente

As gravações áudio registadas no avião da Germanwings que se despenhou na terça-feira nos Alpes franceses revelam que um dos pilotos saiu do 'cockpit' e não conseguiu reentrar, adiantou um militar envolvido na investigação ao jornal New York Times.

Claude Paris

As gravações do 'cockpit' mostram uma conversa "muito tranquila" entre os pilotos durante a parte inicial do voo, que partiu de Barcelona em direção a Düsseldorf, tendo posteriormente um dos pilotos abandonado o local sem conseguir reentrar.

"O homem que ficou do lado de fora bate ligeiramente na porta e não tem resposta. Depois, bate com mais força e continua sem resposta. Nunca há resposta. Pode ouvir-se que ele está a tentar deitar a porta abaixo", disse o investigador. 

Embora a gravação possa dar alguns esclarecimentos sobre as circunstâncias que envolveram o acidente, que provocou a morte a 150 pessoas, ainda há várias questões por responder.

"Não sabemos por que é que um dos pilotos saiu", continuou o responsável, que pediu o anonimato face à investigação em curso.

"O certo é que, na parte final do voo, o outro piloto está sozinho e não abre a porta", sublinhou.

Os registos áudio não fornecem indicações sobre as condições ou a atividade do piloto que ficou dentro do 'cockpit', adensando o mistério, já que em nenhuma altura da descida do Airbus A320 houve comunicação por parte do 'cockpit' com os controladores de tráfego ou qualquer outro sinal de emergência.

A informação tornada pública pelas autoridades de aviação francesas quanto ao conteúdo das gravações é escassa, desconhecendo-se se os registos são parciais ou estão completos.

O gabinete que investiga as causas do acidente confirmou apenas que foram detetadas vozes humanas e outros sons provenientes do 'cockpit', que serão sujeitos a uma análise detalhada.

A porta-voz Martine del Bono não quis comentar as novas provas divulgadas pelo New York Times.

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual, onde aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.