sicnot

Perfil

Mundo

Amanda Knox e ex-namorado absolvidos da morte de colega

O Supremo Tribunal italiano anulou a condenação por homicídio de Amanda Knox e do ex-namorado, pondo fim a um caso de grande repercussão. Os jovens estavam acusados do crime de homicídio da estudante britânica Meredith Kercher, em 2007.

© Daniele la Monaca / Reuters

Está é a decisão final sobre o caso e acaba, assim, com uma longa batalha judicial travada por Knox e Raffaele Sollecito. Tanto a jovem como o ex-namorado apresentaram-se sempre como inocentes.

O Supremo Tribunal de Justiça anulou as condenações do ano passado. A decisão significa que os juízes, após analisarem exaustivamente o caso, concluíram que a condenação não poderia ser suportada por provas. 

Em janeiro de 2014, o Tribunal de Recurso de Florença condenou Amanda Knox a 28 anos e seis meses de prisão, e Raffaele Sollecito a 25 anos.

Meredith Kercher foi assassinada em 2007, com facadas, no apartamento que dividia com Knox em Perugia, Itália.

  • "Estamos a investir na nossa própria desgraça"
    0:37
  • Saída dos EUA do acordo de Paris é "uma vergonha"

    Mundo

    O ex-secretário de Estado norte-americano John Kerry considerou esta terça-feira "uma vergonha" a decisão do Presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do acordo do clima de Paris, garantindo que o povo não acompanha esse gesto de "autodestruição".

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43